Zsolt recolhe o lixo, a caminho de Santiago!

por Arnaldo Rivotti

Assiste-se desde há vários anos a um crescente interesse pelos Caminhos, sobretudo entendidos como tempo e espaço de reflexão, como percursos de descoberta, como momento de encontro pessoal e como outro ainda e talvez o mais forte, o sentido humanista neles contido.

Resulta daí uma ilimitada capacidade de atração e crescimento, materializada na aptidão para transpor muros e assumir-se como um espaço de encontro inspirado na sua dimensão religiosa original, mas não excludente.

O caminho mais percorrido é, obviamente, o caminho dos peregrinos emblemáticos: o Caminho de Santiago, também conhecido como GR65.

A recolha do lixo depositado ao longo da rota GR65, foi o Caminho escolhido por Zsolt…

O nome de Zsolt Vadász é certamente desconhecido para muitos. É um aventureiro espiritual, conhecido pelo “Homem do Trabant” que praticamente deu a volta ao mundo no seu icónico quatro rodas.

Embora o famoso “Trabi” (diminutivo de Trabant) esteja agora em repouso, o líder do Geonauta partiu em nova demanda. Viaja sozinho por El Camino, enquanto recolhe lixo ao longo dos trilhos.

O herói de Szolnok irrompeu em 7 de agosto, deixando a cidade francesa dos Pirinéus …. enfrenta jornadas emocionantes, com a sua indumentária que reflete bem a sua missão. E como todo o peregrino convicto, leva também um bastão, que não é uma peça qualquer.

“É um bastão de pastor de Tiszaroff, a minha terra natal” revela Zsolt.

“A viagem inteira levará no mínimo de setenta e cinco a oitenta dias.” Claro, eu faço todo o caminho pé e ainda recolho o lixo” – acrescentou Zsolt.

“O meu principal objetivo é limpar os caminhos sinalizados ao longo da rota GR65. Nos primeiros 10 dias já recolhi mais de 500 litros de lixo, na grande maioria sacos e embalagens de plástico” – disse Zsolt.

Zsolt vive e descansa como um nómada. Leva uma mochila leve e sem peso extra, pois também tem de carregar o lixo que vai recolhendo.

O equipamento básico da Zsolt inclui mochila, saco-cama, poncho, muda de roupa, equipamento de limpeza, sacos de lixo e frontais para caminhadas noturnas. Além disso, é claro, também transporta lixo por longas distâncias.

“É chocante ver o que os caminheiros inexperientes, deixam pelo caminho”. Refere Zsolt.

Para este peregrino aventureiro, o sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não se atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis.

Crédito Imagens: Hungary Today; Blikk

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade