Zelensky demite embaixadora ucraniana em Portugal

por LMn | Lusa

A embaixadora da Ucrânia em Portugal, Inna Ohnivets, foi demitida pelo presidente do país, bem como o embaixador na Geórgia e na Eslováquia.

A demissão foi assinada pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, e publicada no decreto hoje tornado público:

Decreto do Presidente da Ucrânia №442 / 2022

Inna Ohnivets é embaixadora em Portugal desde outubro de 2015 e foi nomeada pelo antecessor de Zelensky na presidência da Ucrânia, Petro Poroshenko. É jurista de formação, tendo iniciado a carreira como auxiliar de laboratório da cátedra das línguas estrangeiras do Colégio Militar de ensino superior de Kiev de Frunze.

Embaixadora em Portugal diz que a sua destituição “é uma rotação agendada”

A embaixadora da Ucrânia em Portugal disse hoje que a sua destituição do cargo estava agendada e foi informada sobre ela dois dias antes do anúncio da decisão pelo ministro dos Negócios Estrangeiros do seu país.

“Posso dizer que isso é uma rotação agendada”, afirmou em declarações à SIC, Inna Ohnivets.

“Na decisão do Presidente ucraniano há a informação de que três embaixadores terminam as suas funções, segundo o plano da rotação”, acrescentou.

Quando questionada se já sabia que não iria ser reconduzida no cargo, a diplomata ucraniana apenas mencionou que dois dias antes teve uma conversa telefónica com o ministro dos Negócios Estrangeiros do seu país em que foi informada que a decisão se contextualizava no plano de rotação.

“Eu tive uma conversa telefónica dois dias antes, com o nosso ministro dos Negócios Estrangeiros, e ele informou-me que, segundo o plano de rotação, será esta decisão”, disse a embaixadora.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, destituiu Inna Ohnivets das funções de embaixadora da Ucrânia em Portugal, comunicou o chefe de Estado no seu ‘site’ oficial.

Numa nota no ‘site’, assinada na sexta-feira, o Presidente ucraniano dá conta da “destituição” de Inna Ohnivets do cargo de embaixadora extraordinária e plenipotenciária da Ucrânia junto da República Portuguesa.

 

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade