X Edição do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP

por LMn

X Edição do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP

QUARTA-FEIRA, 5 DE MAIO DE 2021 ÀS 10:00 UTC+02

As Embaixadas de Portugal, Angola e Brasil em Budapeste, em colaboração com o Departamento de Português da Universidade Eötvös Loránd, com o Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões e com o Consulado Honorário de Cabo Verde na Hungria, organizam no próximo dia 5 de Maio a X Edição do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP, com um variado conjunto de conferências e atividades culturais online, através da plataforma Zoom.

O programa do dia abre com palavras de saudação da parte da Prof. Dr. Ildikó Szjii, Diretora do Departamento de Português da Universidade Eötvös Loránd, do Prof. Dr. Dávid Bartus, Decano da Faculdade de Letras da Universidade Eötvös Loránd, e de S. Exª o Senhor Embaixador de Portugal em Budapeste, Jorge Roza de Oliveira.

Segue-se um ciclo de palestras subordinado ao tema “Interculturalidade – Influências Culturais Mútuas”, que contará com uma intervenção do Prof. Delfim Correia da Silva sobre “os estudos portugueses na Índia: confluências e interseções culturais”. Participam igualmente o professor e poeta angolano Abreu Paxe (“Cultura, Educação e Comunicação nos Processos Artísticos e Linguísticos”) e a dramaturga brasileira Dione Carlos (“Dramaturgia: a palavra viva”)

A tarde será preenchida com dança, gastronomia e boas conversas!

Pedro Vieira Dias Tomás (“Meste Petchú”) oferece ao público uma apresentação e explicação de danças angolanas na sessão „A evolução da dança, da Massemba à Kizomba”. Segue-se um programa de gastronomia lusófona em direto, para todos aqueles interessados em aprender a confecionar alguns dos mais típicos e emblemáticos pratos do mundo lusófono, da katchupa ao bacalhau, passando pelo calulú angolano e por uma receita brasileira de frango com quiabo e farofa.

Para finalizar o dia, Mónica Silva modera uma animada conversa entres quatros jovens lusofalantes a viver em Budapeste, que nos irão falar sobre as suas raízes e experiências de adaptação na Hungria.

Ao longo de todo o dia, também o canal Vimeo do grupo da CPLP na Hungria disponibiliza a todos os interessados um conjunto de documentários dos quatro cantos do espaço lusófono, bem como a curta-metragem brasileira Difícil é não brincar.

Será possível também assistir a uma breve intervenção da Senhora Ministra da Saúde de Angola, Sílvia Paula Valentim Lutucuta, sobre o impacto e a evolução da Covid-19 em Angola.

 

https://www.facebook.com/events/793901711235531/

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade