Web Summit: Moedas promete fundar Fábrica de Unicórnios de Lisboa no próximo ano

por LMn | Lusa

O presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, prometeu hoje fundar a Fábrica de Unicórnios de Lisboa no próximo ano e apelou às tecnológicas presentes na Web Summit que “venham e fiquem” na capital portuguesa.

Carlos Moedas falava na abertura da Web Summit, a cimeira tecnológica que arrancou hoje em Lisboa.

“Acho que a grande coisa sobre a Web Summit é que este é o lugar onde as pessoas que adoram detalhes se juntam”, salientou o novo autarca de Lisboa.

“Se pensarem em inovação – eu disse a toda a gente, o meu sonho é que Lisboa seja a capital da inovação do mundo, mas quais são os detalhes para mim para ser capaz de fazer isso”, referiu.

“Temos de ser capazes de ir além da Web Summit, temos de fazer com que vós e as empresas fiquem em Lisboa” porque veem “a oportunidade”, salientou o antigo comissário europeu.

“Por isso, eu prometo que no próximo ano iremos fundar, com a ajuda da Web Summit e de muitos de vós, o que eu chamo de sonho – a Fábrica de Unicórnios de Lisboa”, assegurou.

Esta fábrica “será lugar onde iremos ensinar os detalhes e o processo para que os jovens possam transformar as suas ideias em grandes negócios, criar empregos e mudar o mundo e ter propósito, é isso que a Fábrica de Unicórnios será”, reforçou Carlos Moedas.

E deixou uma mensagem para os participantes da Web Summit: “O que quer que façam na vida, qualquer que seja o seu projeto, sonhem alto, vão fundo aos detalhes”.

Porque “é isso que pode mudar o mundo, e se fizerem isso posso dizer-vos apenas uma coisa: Lisboa é o lugar certo para o fazer”, sublinhou.

Isto porque a capital portuguesa “é a única cidade” que liga “os detalhes com os sonhos”, apontou.

Por isso, “venham e fiquem em Lisboa, é uma cidade aberta para vós”, concluiu.

A Web Summit decorre entre 01 e 04 de novembro em Lisboa, em modo presencial, depois de a última edição ter sido ‘online’ e a organização espera cerca de 40 mil participantes, segundo revelou, em setembro, Paddy Cosgrave, presidente executivo da cimeira.

A comediante Amy Poehler, o presidente da Microsoft Brad Smith, a comissária europeia Margrethe Vestager e o jogador de futebol Gerard Pique irão juntar-se aos mais de 1.000 oradores, às cerca de 1.250 ‘startups’, 1.500 jornalistas e mais de 700 investidores, numa cimeira na qual serão discutidos temas como tecnologia e sociedade, entre outros, de acordo com a organização.

Apesar do número previsto de visitantes ser este ano cerca de menos 30 mil do que na última edição presencial, em 2019, as autoridades consideram que se trata do “maior evento de 2021” a ter lugar em Lisboa.

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade