“Visto europeu”: introdução do ETIAS é adiada para 2024

por LMn
image_pdfimage_print

Inicialmente prevista para maio de 2023, a implementação do ETIAS, sigla em inglês para Sistema Europeu de Informação de Viagem e Autorização, foi adiada para 2024.

A partir dessa data, os cidadãos não-europeus terão que pagar uma taxa de € 7 para obter uma autorização de viagem, que será exigida para entrar em qualquer país integrante do Espaço Schengen.

O documento, que já vinha sendo discutido há anos pela Comissão Europeia, visa combater a imigração ilegal e aumentar a segurança dentro do bloco. A contrapartida para o viajante é que essa autorização prévia deverá diminuir as filas e o tempo de passagem pela imigração.

Todos os viajantes de países que têm um acordo de isenção de visto com o Espaço Schengen terão que solicitar o ETIAS.

O ETIAS permitirá viajar por todos os 26 países que compõem o Espaço Schengen: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade