Vale do Tua – O Destino do Amor

por LMn | Lusa

“Quem cá vive ama o Tua, quem cá vem apaixona-se também”. Este slogan reflete o sentimento que ecoa entre as paisagens do Tua, na sua biodiversidade, no património, na gastronomia e nos vinhos, nas suas gentes e tradições.

Emana da terra e daquilo que a terra dá o sentimento que caracteriza as experiências que o Vale do Tua nos oferece. Este território abrange cinco concelhos (Alijó, Carrazeda de Ansiães, Murça, Mirandela e Vila Flor), que integram o Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT). Mas o que é que o Vale do Tua tem?

“Tem paisagens deslumbrantes, um património único, gastronomia e vinhos, capazes de agradar aos mais esquisitos paladares, percursos pedestres para descobrir e miradouros para deixar o olhar viajar, tem espaços museológicos e centros interpretativos que lhe contam histórias e o convidam a explorar o território que, na sua essência, tem gente afável e hospitaleira, sempre pronta a partilhar este grande amor pelo Tua”, assim argumenta o diretor do PNRVT, Artur Cascarejo.

E pegando nestas características naturais o PNRVT tem sabido criar uma dinâmica que visa dotar o território das melhores condições para receber os visitantes e, com isso, criar novas dinâmicas económicas locais. Um dos projetos mais recente foi a certificação do Dark Sky Vale do Tua como “Destino Turístico Starlight”. Nesta altura mais de 60 agentes turísticos, públicos e privados, já receberam formação em astroturismo, para poderem garantir as melhores experiências aos visitantes.

Em curso está também a implementação de percursos que atravessam locais privilegiados para a observação de aves. Uma vez mais o PNRVT preocupou-se em preparar os agentes locais para poderem trabalhar, do ponto de vista, turístico o produto Birdwathching.

Um dos projetos mais importantes do PNRVT é a rede de percursos pedestres, que convida a caminhar por locais fabulosos, caminhadas que se cruzam com lugares de elevado interesse patrimonial, com aldeias e lugares com gente afável e acolhedora, com miradouros, pontos de excelência para contemplar a beleza deste território.

Os cinco concelhos que integram o PNRVT estão dotados de equipamentos culturais diversos, centro interpretativos, museus, espaços de exposição, etc. Assume um lugar de destaque o Centro Interpretativo do Vale do Tua (CIVT). A temática deste espaço aborda a Linha do Tua, o Vale e a Barragem, estabelecendo a ligação entre o território e as suas gentes, o caminho-de-ferro e a barragem, assumindo-se como um local de passagem – a porta de entrada ou de saída numa região que envolve o Douro e Trás-os-Montes.

E claro, esta viagem de descoberta deve ser acompanhada pela boa gastronomia regional, regada pelos excelentes azeites e abençoada pelos vinhos únicos do Douro e Trás-os-Montes, o “Reino Maravilhoso” de que falava Miguel Torga.

Fica o convite…faça uma visita!

Fonte: ambitur.pt

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade