Uma pitada de português – para aprendentes da língua (Egy csipetnyi portugál – nyelvtanulóknak) – 22

por Eszter Gelencsér

A Revolução de 25 de Abril: texto adaptado ao nível B2 com vocabulário

Az április 25-i forradalom: B2-es szintű szöveg szószedettel

Conta-me como foi o 25 de Abril

Os Antecedentes da Revolução

A Guerra Colonial tinha começado em 1961, e opunha o Exército português aos guerrilheiros que lutavam pela independência dos territórios africanos que Portugal na altura governava: Angola, Moçambique e Guiné.

Muitos jovens morriam nos combates em África. Durante os 13 anos que durou a guerra perderam a vida quase 9 mil e uns 30 mil ficaram feridos ou mutilados. Em 1973, Portugal tinha 150 mil homens a combater.

Além disso, o país canalizava para as despesas da guerra cerca de metade do seu orçamento. Portanto, quase não havia obras públicas: construíam-se poucas estradas, pontes, escolas ou hospitais.

A certa altura, os militares resolveram derrubar o governo pela força, ou seja realizar um golpe de Estado.

Para isso criaram clandestinamente o Movimento das Forças Armadas (MFA).

O que aconteceu no Dia da Revolução

O dia escolhido para a acção foi 25 de Abril de 1974. De madrugada, militares do MFA ocuparam os estúdios do Rádio Clube Português e, através da rádio, explicaram à população que pretendiam que o País fosse de novo uma democracia, com eleições e liberdades de toda a ordem. E punham no ar músicas de que a ditadura não gostava, como Grândola Vila Morena, de José Afonso.

Ao mesmo tempo, uma coluna militar com tanques, comandada pelo capitão Salgueiro Maia, saiu da Escola Prática de Cavalaria, em Santarém, e marchou para Lisboa. Na capital, tomou posições junto dos ministérios e depois cercouquartel da GNR do Carmo, onde se tinha refugiado Marcelo Caetano, o sucessor de Salazar à frente da ditadura.

Durante o dia, a população de Lisboa foi-se juntando aos militares. E o que era um golpe de Estado transformou-se numa verdadeira revolução.

 

 A certa altura, uma vendedora de flores começou a distribuir cravos. Os soldados enfiavam os cravos no cano da espingarda e os civis punham a flor ao peito. Por isso se falava de Revolução dos Cravos. 

Ao fim da tarde, Marcelo Caetano rendeu-se e entregou o poder ao general Spínola, que, apesar de não pertencer ao MFA, não pensava da mesma maneira que o governo acerca das colónias.

Um ano depois, a 25 de Abril de 1975, os portugueses votaram pela primeira vez em liberdade desde há muitas décadas.

Militares da Liberdade

Salgueiro Maia

Além do capitão Salgueiro Maia, que comandou a coluna de blindados saída de Santarém, outros militares desempenharam papéis muito importantes na preparação do 25 de Abril. O major Otelo Saraiva de Carvalho foi o comandante operacional, ou seja, dirigiu as operações todas a partir do quartel da Pontinha, junto de Lisboa.

Mas quem tinha as ideias mais claras sobre a necessidade de democratizar o País era o major Melo Antunes. Outros elementos muito importantes do MFA neste período foram o capitão Vasco Lourenço e o major Vítor Alves. Spínola veio a tornar-se Presidente da República, mas alguns meses depois demitiu-se por não concordar com a entrega das colónias aos seus habitantes.

Fonte: https://visao.sapo.pt/visaojunior/historia-visaojunior/2016-04-14-conta-me-como-foi-o-25-de-abril/

Imagem: jornaldocentro.pt

Vocabulário

 

Português Húngaro Exemplo
a madrugada a hajnal Levantei-me às 4 horas da madrugada.
pretender szándékozik, tervez  

Os capitais de abril pretenderam democratizar o país com eleições livres.

as eleições választások
cercar körbevesz  

O ditador refugiou-se no seu palácio, mas o povo cercou-o e obrigou-o a demitir-se.

refugiar-se elmenekül
golpe de Estado államcsíny Os militares prepararam em segredo um golpe de Estado.
o cravo a szegfű O símbolo da revolução é o cravo vermelho. 
 a espingarda a puska Os soldados não utilizaram as suas espingardas.
render-se megadja magát O ladrão rendeu-se aos polícias.
blindado páncélozott Os militares transportavam-se em veículos blindados.
desempenhar um papel szerepet játszik A escola desempenha um papel importante na educação dos jovens.
major őrnagy  

O major dirigiu as operações a partir do quartel.

quartel laktanya
demitir-se lemond O presidente demitiu-se do seu cargo por razões de saúde.

 

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade