Três curtas-metragens portuguesas estreiam-se nas salas de cinema em 31 de agosto

por LMn | Lusa
image_pdfimage_print

Três curtas-metragens portuguesas, que têm como tema comum o crime, estreiam-se em 31 de agosto em cinemas de mais de uma dezena de cidades, sendo exibidas em conjunto, anunciou hoje a produtora Take 2000.

“S.Ó.S.”, de Bruno Soares, “Céu aberto ou espaço limitado”, de José António Loureiro, e “Para cá do Marão”, de José Mazeda são os três filmes em questão.

“‘Três Crimes, Três Curtas’ chega aos cinemas nacionais a 31 de agosto. As três curtas-metragens, com diferentes perspetivas e estilos de realização, têm como tema comum o crime e o facto de serem o primeiro filme dirigido por três profissionais da área do cinema e do audiovisual”, referiu a produtora, num comunicado enviado à agência Lusa.

O programa “Três crimes, três curtas” estará em exibição em salas de cinema em Lisboa, Leiria, Setúbal, Coimbra, Porto, Almada, Aveiro, Braga, Viseu, Faro, Oeiras e Amadora.

O filme será também exibido no Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego, no Cineclube de Chaves e na Aldeia da Mata, no Crato.

Segundo a produtora, com esta estreia, Bruno Soares “aporta para o grande ecrã a sua experiência na pintura e na publicidade”, já José António Loureiro assume o papel de realizador numa indústria onde trabalha como diretor de fotografia, e José Mazeda experimenta novas funções numa “longa carreira” como produtor.

“S.Ó.S”, de Bruno Soares, conta a história de um homem que é surpreendido durante um assalto a uma casa em Lisboa pelo proprietário do imóvel, que o confunde com o filho, acabando por acolhê-lo. O filme conta com a participação dos atores Marco Costa, Joel Branco e Carmen Santos.

Já “Céu aberto ou espaço limitado”, protagonizado por Joaquim Nicolau, aborda a vida um homem que, após cumprir uma pena de prisão, lida com as marcas físicas e emocionais do tempo em que esteve detido.

“Para cá do Marão”, de José Mazeda, é baseado em histórias reais, contadas ao realizador por habitantes de Trás-os-Montes, e tem João Lagarto como protagonista.

O filme foi exibido em vários festivais, incluindo o IndieLisboa, o Caminhos do Cinema Português e o Madrid Arthouse Filme Fest.

JRS // TDI

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade