Três cidades húngaras, Debrecen, Pécs e Veszprém, juntaram-se ao projeto internacional de arte “Europe at Home”

por LMn

Três cidades húngaras, Debrecen, Pécs e Veszprém, juntaram-se ao projecto internacional de arte “Europe at Home”, criado e dinamizado pela cidade portuguesa de Faro, no qual atualmente cinquenta artistas europeus trabalham  e divulgam a experiência, através da fotografia e da escrita,do isolamento provocado pela pandemia do Covid-19.

“O projeto Europa em Casa conecta diferentes cidades europeias através de uma perspectiva artística comum, que nada mais é do que o isolamento social causado pela pandemia”, escreveu a assessoria de imprensa da câmara, indicando que a artista Lilla Váczi e o poeta e escritor János Áfra representam Debrecen., Que aderiu à iniciativa como a 25ª cidade. Com a adesão de Debrecen, a exposição online se expandiu para 25 cidades parceiras e 50 artistas.

Faro quer ser uma das capitais culturais da Europa em 2027. Os organizadores decidiram convidar as cidades europeias a captarem os acontecimentos sem precedentes do passado recente através das lentes de um fotógrafo e das palavras de um escritor. Os resultados dos trabalhos dos artistas são apresentados em europeathome.eu, onde o visitante pode aceder não só às obras mas também às cidades e artistas participantes.

O projeto reúne cidades onde a cultura tem um papel de destaque, sendo a única condição de participação a identificação com o lema do projeto: “se seremos capazes de recomeçar e nos voltarmos uns para os outros, juntos na incerteza de forma criativa e otimista”.

Fonte: Kultura.hu
Foto: Gábor Gáspár (Veszprém), fonte: Europa na página inicial do Facebook

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade