Sobe número de mulheres fumadoras, diagnosticadas com cancro do pulmão na Hungria

por LMn | MTI

O número de fumadoras entre as mulheres aumentou na Hungria, tal como o número das diagnosticadas com cancro do pulmão, advertiu ontem a Sociedade Respiratória Húngara (SRH). 31 de maio é o Dia Mundial Sem Tabaco.

De acordo com a revista Helló Magyar, entre 2014 e 2019, a proporção de mulheres fumadoras tinha subido de 22,3% para 23,9%, informou a SRH em comunicado. O número de homens fumadores caiu de 36% para 30% desde 2009.

O aumento é alarmante, e está ligado a um aumento dos diagnósticos de cancro do pulmão, pode ler-se no press-release da SRH.

Durante 2010-2016, o número de novos casos de cancro do pulmão entre as mulheres fumadoras aumentou cerca de 40%, enquanto o número entre os homens fumadores, o aumento foi apenas de 15%.

Entretanto, a SRH saudou a melhoria da taxa de sobrevivência da Hungria ao cancro do pulmão em cinco anos, de 17-18%, o que coloca a Hungria na média dos países da UE. “Este resultado poderia exceder 60% com a detecção precoce da doença e terapia apropriada, reduzindo significativamente o número de 6 mil mortes por ano relacionadas com o cancro do pulmão”, escreve a SRH.

Os Estados membros da Organização Mundial de Saúde (OMS) declararam o dia 31 de Maio como Dia Mundial Sem Tabaco em 1987 para chamar a atenção para a epidemia do tabaco e para as mortes evitáveis devido ao tabaco.

Fonte: Helló Magyar/MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade