Smart city: Aveiro, cidade incubadora de tecnologia

por LMn
image_pdfimage_print

Aveiro Steam city em destaque na Hungria

Em artigo no portal da especialidade “GyartasTrend.hu” (vide abaixo, original em húngaro)

Para além de um laboratório vivo, canais e barcos típicos, a pacífica cidade portuguesa dispõe também de uma plataforma experimental digital de 5 quilómetros quadrados com vários quilómetros de conectividade de fibra ótica, unidades de rádio, uma rede experimental 5G e sensores. Aveiro insere-se num projeto europeu que pode vir a ser um centro de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

O laboratório vivo é um dos principais elementos do projeto STEAM City d’Aveiro. O projeto inclui 16 quilómetros de fibra ótica com a participação de 34 empresas de tecnologia da informação e comunicação. O orçamento total é de 6,1 milhões de euros, 80% dos quais do Fundo de Coesão da UE.

Graças à rede 5G experimental de Aveiro, uma startup italiana, a Biometrica, desenvolveu biossensores que, quando incorporados em material de roupas desportivas, fornecem informações biométricas para melhorar o desempenho de um atleta. Todos os dados são enviados para a “nuvem”.

Durante a Semana da Tecnologia, as ruas da cidade portuguesa vão tornar-se um local de demonstração científica. A startup do EVA, por exemplo, usa um cão robô desenvolvido pela Boston Dynamics para levar amostras de sangue para seus drones, que então as transportam para o laboratório. A STEAM City de Aveiro também quer ajudar as empresas a atrair novos talentos nas áreas da ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática, dinamizando assim a economia. O projeto conta ainda com o envolvimento da Universidade de Aveiro com o lançamento de cursos baseados nas novas tecnologias.

 

http://gyartastrend.hu/varoslako/cikk/aveiro__atechnologiai_inkubatorvaros

Ver também

https://www.cm-aveiro.pt/inovacao/aveiro-steam-city

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade