Secretário de Estado: Hungria e Estados Unidos são aliados, “Não há nada de errado” nas relações bilaterais

por LMn | MTI

O público americano segue com grande atenção os acontecimentos em curso na Hungria, o que deveria ser motivo de orgulho para os húngaros, disse Balázs Orbán, secretário de estado do Gabinete do Primeiro Ministro húngaro em Washington na sexta-feira à noite.

“Ao longo dos últimos meses estivemos no fogo cruzado dos debates políticos internos dos EUA, com muitos dos nossos amigos a tomarem posição a favor das medidas tomadas pelo governo húngaro ao longo dos últimos 11 anos”, disse Balázs Orbán aquando da apresentação do seu volume “O ABC do Pensamento Estratégico Húngaro”, que foi publicado no início desta semana.

O secretário de estado elogiou “o diálogo intensivo e a cooperação intensiva” entre os dois países.

“Há dez anos atrás, nenhum de nós teria acreditado que a Hungria se tornaria um lugar tão interessante e exemplar para os círculos conservadores na Europa Ocidental e no estrangeiro”, disse ele.

A Hungria e os EUA são aliados, com “nada de errado” nas suas relações, disse Orbán. “O único problema pode surgir quando os liberais governam a América porque pensam que todos os países do mundo deveriam ser governados por liberais”, disse ele.

O governo húngaro, por sua vez, acredita que esta decisão deve ser tomada pelos eleitores húngaros, e esta postura “gera uma espécie de conflito político”, disse Balázs Orbán.

Fonte: MTI

Crédito da foto: Zoltán Máthé/MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade