Rio de Janeiro vai ser Capital Mundial do Livro da UNESCO em 2025

por LMn | Lusa
image_pdfimage_print

A cidade brasileira do Rio de Janeiro vai ser Capital Mundial do Livro em 2025, tornando-se na primeira cidade lusófona a receber o título, anunciou a UNESCO.

Em comunicado divulgado hoje, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO, na sigla inglesa) saudou a “demonstração do Rio de Janeiro da importância do seu património literário, a par de uma visão claramente definida e de um plano de ação para promover a literatura, a edição sustentável e a leitura entre os mais jovens, recorrendo a tecnologias digitais”.

Num comunicado datado de sábado, o Ministério brasileiro das Relações Exteriores realçou que o título vai contribuir “para a promoção da língua portuguesa e das economias criativas em língua portuguesa”.

“Ao felicitar a cidade do Rio de Janeiro pela conquista, o Itamaraty reitera seu apoio à implementação dos compromissos assumidos perante a UNESCO como Capital Mundial do Livro, que incluem o fomento à liberdade de expressão e de publicação, ao direito do público à informação e à livre participação na vida cultural da cidade”, acrescentou o Governo brasileiro no fim de semana.

As comemorações da Capital Mundial do Livro em 2025 começam no dia 23 de abril desse ano.

O Rio de Janeiro vai suceder a Estrasburgo, que ocupará a distinção em 2024. Este ano, o título coube a Acra, no Gana.

A UNESCO recorda que atribui o título de Capital Mundial do Livro desde 2001 e que o Rio de Janeiro será a 25.ª cidade a recebê-lo.

O objetivo da iniciativa é “promover os livros e a leitura para todas as idades e grupos, dentro e fora de fronteiras nacionais, e organizar um programa de atividades para todo o ano”.

TDI // SB

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade