“Com a organização de um evento próprio em Portugal, a revelação da seleção de restaurantes e a consequente implementação de conteúdos editoriais e de comunicação, que serão partilhados nas nossas diferentes plataformas, queremos contribuir para a promoção de Portugal como destino gastronómico europeu incontornável”, referiu o guia, em comunicado.

Na mesma cerimónia, Maria Paz Robina Rosat, Diretora-Geral da Michelin Espanha-Portugal, recordou “o compromisso com a sustentabilidade” da empresa que “une o mundo dos pneus e da gastronomia” e salientou o trabalho “das equipas de sala” no âmbito dos restaurantes.

A cidade de Toledo, Património Mundial da Humanidade desde 1986, acolhe a cerimónia de entrega das estrelas do Guia Michelin Portugal e Espanha 2023. O momento reúne no Palácio de Congressos El Greco, centenas de chefs, entre outros convidados.

Fonte do Guia Michelin tinha adiantado à Lusa que este seria “um ano histórico” para Portugal. A organização da publicação adiantou à agência de notícias espanhola EFE que, na edição de 2023, haverá “muitas estrelas”, que estarão “muito distribuídas, tanto em grandes cidades como em localidades mais pequenas” dos dois países.

As galas de lançamento do Guia Espanha e Portugal realizam-se anualmente desde 2009, quando foi lançada a centésima edição do guia ibérico, decorrendo em cidades diferentes, quase sempre em Espanha. Lisboa acolheu a cerimónia em novembro de 2018.