Portugal: Reguengos de Monsaraz acolhe em setembro conferência da ONU sobre turismo de vinhos

por LMn | Lusa

A quinta edição da Conferência sobre Vinhos e Turismo decorre em 09 e 10 de setembro em Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, numa iniciativa da Organização Mundial do Turismo (OMT) e do Governo português, foi hoje anunciado.

“O foco da conferência será na contribuição do enoturismo para o desenvolvimento rural e para a integração social e económica”, lê-se num comunicado publicado hoje na página da Organização das Nações Unidas (ONU) na Internet.

No encontro, delegações de todo o mundo vão debater “como colocar o enoturismo no centro da recuperação, especialmente para o benefício das comunidades rurais”.

Citado no comunicado, o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, considera ser “mais importante do que nunca apoiar os setores do turismo e de vinhos” e agradece o “apoio de Portugal para acelerar a recuperação do setor”.

Já o ministro português da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, aponta como meta “colocar Portugal no topo dos destinos de enoturismo”.

O governante destaca que o país tem uma vantagem estratégica, por ter capacidade de atrair turistas com alto poder de compra durante qualquer época do ano, e aponta o desenvolvimento do enoturismo como central no plano de recuperação do setor turístico.

O município de Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, é descrito pelas Nações Unidas como “uma das regiões vinícolas mais ricas de Portugal”.

“A cidade tem mais de nove mil anos de história, com um enorme património cultural”, lê-se na nota da ONU.

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade