Porcelanas de Herend – Uma viagem através da história

por Arnaldo Rivotti

Há quase 200 anos, o empresário e visionário Vince Stingl abriu aquela que é hoje conhecida como uma das mais prestigiadas marcas de porcelana do mundo, a Fábrica de Porcelanas de Herend, Hungria. Tudo começou em 1826, próximo do Lago Balaton, quando Vince começou a produzir louças de barro, focando o seu trabalho de pesquisa, com o objetivo de desenvolver a porcelana. Foi só em 1839, quando a fábrica passou para as mãos de Mór Fischer, que começou de facto o fabrico de peças de porcelana, que desde então se tornaram o principal produto da empresa. Nas cordilheiras de Bakony, onde se situa Herend, não havia caulino, o principal ingrediente usado na porcelana, mas em contrapartida, havia lenha em abundância para a queima nos fornos.

Herend: Fornecedor Real, nomeado pela Casa de Habsburgo

Durante a “Grande Exposição”, realizada em Londres, em 1851, a Herend ganhou um prémio e, desde então, passou a ser muito procurada por nobres e aristocratas. Em 1872, Mór Fischer, então proprietário da Herend, foi nomeado “Fornecedor Oficial da Corte Real e do Império Austro-Húngaro”.

Herend e as Exposições Mundiais

No final do século XIX, na Europa, as Exposições Mundiais haviam-se tornado sinónimo de prosperidade económica. Nelas eram expostos os mais recentes equipamentos industriais, as últimas tecnologias, e objetos de arte do mundo inteiro, que só assim podiam ser conhecidos e admirados pelo público em geral. A Herend sempre esteve presente nesses grandes eventos, e ganhou inúmeros prémios.

O que torna a porcelana de Herend diferente das outras?

Se classificarmos as porcelanas com base no modo como são pintadas (ex: à mão ou por transferência), Herend pertence à categoria das porcelanas pintadas à mão, técnica essa cada vez mais rara nos dias de hoje. Além disso, uma das características da Herend é a grande variedade de padrões orientais. Embora tenha inúmeras peças neste estilo, poderíamos dizer que mesmo os padrões Europeus denotam uma forte influência Chinesa e Japonesa. A explicação para isso pode estar nas raízes asiáticas dos Húngaros, bem como no facto de que essa era a moda, na época da fundação da empresa. Como parte da esfera cultural dos Habsburgo, Herend produziu ricas decorações e uma grande variedade de peças. Outras marcas, como a porcelana Inglesa, por exemplo, que refletem a herança cultural da Inglaterra, são muito menos opulentas. As porcelanas Herend, ao contrário, refletem com perfeição a cultura do Império Austro-Húngaro, sob a Casa dos Habsburgos.

Desde a sua fundação, em 1826, mais de 60 marcas foram usadas, incluindo aquelas feitas para ocasiões especiais. A marca atual, utilizada desde os anos 60, reproduz as iniciais HP (Herend Porcelain) sobre o Brasão de Armas da República da Hungria. Abaixo da marca inscrevem-se: o número do produto, o nome da decoração e a data (mês e ano) de fabrico. Na linha seguinte figura o código do pintor (máximo de três dígitos), identificando o artesão que realizou a peça.

A origem dos desenhos

Rainha Vitória /VBO/

Rainha Vitória, ao ver este desenho pela primeira vez na Grande Exposição de 1851, decidiu imediatamente adquirir as peças. Com isso, Herend tornou-se conhecida no mundo inteiro. Além de ganhar o Grand Prix na exposição, a Herend recebeu variadíssimas encomendas da aristocracia Inglesa. Esse motivo é ainda hoje o mais procurado no Reino Unido, onde decora a mesa de inúmeras famílias da classe alta.

 

Rothschild /RO/

Este motivo foi assim batizado em homenagem à família Rothschild, que fez o primeiro pedido em 1850. Como os Rothschilds investiram muito na Herend, pode-se dizer que eles figuravam na lista de clientes VIP. Reza a lenda que o colar perdido da Baronesa Rothschild foi um dia encontrado preso a um galho de uma árvore, que é exatamente o que o desenho desta porcelana retrata. Outra personalidade lendária, associada a este motivo decorativo, é a Princesa Diana, que escolheu este serviço de jantar para as suas núpcias.

 

Poissons /PO/

“Poissons” quer dizer peixe, em francês. Peixes e, sobretudo, a carpa são símbolos de sorte na China e por essa razão são temas recorrentes nas artes. Os objetos chineses levados para a Europa, no século XVIII, eram ricamente decorados com peixes e isso foi algo que a Herend adaptou e tornou conhecido a partir de 1850.

Vieux Herend /VH/

O ponto de partida para a produção destes desenhos, confecionados nos anos 1860, era a reprodução dos esmaltados chineses. Todas as pinceladas do padrão em escama são feitas à mão. São inúmeros os colecionadores das figuras VH, dentre os quais a falecida Princesa Diana e o ator de cinema Arnold Schwarzenegger.

Conde Apponyi /AV,AF/

Inspirado no motivo Fleurs de Indes, este desenho foi criado para o Conde Apponyi da Hungria, que encomendou com urgência um novo aparelho de jantar na Herend, de modo a poder servir os seus convidados com estilo e elegância. A Herend aceitou o desafio, porém, para atender ao pedido, criou uma versão mais simples do motivo Fleurs des Indes. Foi assim que o capricho de um conde resultou na criação de um motivo que, mais tarde, se tornou extremamente popular. Na verdade, segundo relatos, até mesmo os nobres da Casa dos Habsburgos encomendaram porcelanas com este desenho.

TCA

Este belíssimo motivo, que incorpora adaptações de miniaturas Persas, foi fabricado pela primeira vez em 1870 para o Xá da Pérsia. O trabalho é tão complexo que precisa ser queimado cinco vezes. Um aparelho de jantar completo leva dois meses para ser concluído. A combinação do azul turquesa com vermelho dá o toque verdadeiramente Oriental. Parte do seu nome, Tupini, remete à antiga Roma, onde era um nome de família. Este desenho foi popular durante muito tempo.

Gödöllő /G/

Este motivo, inspirado no estilo Kakiemon, consiste basicamente de uma combinação de pinheiro, bambu e flores de ameixoeira, os “três amigos do inverno”, na China. Porcelanas com este desenho começaram a ser produzidas em 1849, como a primeira Chinoiserie da Herend. Receberam o nome da Mansão Gödöllő, na Hungria, pois foi lá que um aparelho de jantar com este motivo foi usado pela primeira vez, presente do Imperador Franz Joseph, para a Rainha Elisabete.

 

Onde adquirir porcelana de Herend?

A porcelana de Herend é vendida em cerca de 60 países espalhados pelo mundo. Mas a Herend também fabrica produtos exclusivos que só podem ser encontrados num determinado país. Na Hungria, a empresa tem 10 lojas próprias, três delas em Budapeste e a maior, em Herend.

Se se quebrar uma chávena e desejar repô-la posso adquirir apenas uma?

Sim. Se não houver em armazém a peça que lhe falta, poderá encomendá-la, o que envolve alguns meses de espera, uma vez que todos os produtos Herend são pintados à mão.

A proteção do meio-ambiente é tema prioritário

A Herend não pode ignorar problemas como o aquecimento global, por exemplo. A empresa adotou uma postura ativa na proteção do ambiente na envolvente da fábrica, preocupando-se com a saúde dos moradores e com a natureza nas vizinhanças das Serras de Bakony. Visando diminuir os resíduos industriais, a Herend instalou o seu próprio sistema de disposição de resíduos e implementou um programa de formação para incentivar os funcionários a se envolverem na proteção do meio-ambiente.

As matérias primas usadas nas porcelanas Herend são:

Caulino, feldspato, e quartzo, sendo os dois últimos os responsáveis pela translucidez da porcelana. Visto que tais materiais não podem ser encontrados nas proximidades da fábrica, eles são importados de Limoges, na França. O segredo da Herend está na composição da pasta, que permite tornar a porcelana ainda mais fina, branca, leve e delicada.

Como funciona o sistema de Mestre-Artesão na Herend?

Adotado pela primeira vez na cidade alemã de Nuremberg, no século XV, o sistema de classificação de artesãos era utilizado no formação e capacitação de Mestre-Artesão. Durante a Revolução Industrial, no século XIX, o sistema foi abandonado na maior parte dos países. Na Herend, porém, esta tradição medieval foi mantida e ainda hoje é usada para o treino dos talentosos “herdeiros” dessa técnica, bem como para salvaguardar a tecnologia tradicional.

Mestre-Pintor

Para obter o título de Mestre-Pintor, é necessário fazer um curso de três anos na escola vocacional da fábrica, ter anos de prática e passar na prova de “mestre”.

Porcelánfestő tanfolyam a Herendi Porcelánmanufaktúrában - Programturizmus

Candidatos a Mestre-Pintor

Os pintores que se destacam pelo seu talento e pelas suas obras, recebem o título de Mestre-Pintor e, com ele, o direito de assinar as peças trabalhadas. Candidatos a Mestre-Pintor produzem objetos únicos, que exigem enorme habilidade e experiência.

Mestre-Ceramista

Assim como ocorre com os pintores, os ceramistas também precisam de passar por um exame profissional, antes de receberem o título de Mestre-Ceramista. Precisam de ter domínio sobre todas as técnicas, tanto teóricas quanto práticas: modelagem por pressão, modelagem em torno, colagem (louças de jantar e chá, objetos decorativos, estátuas), modelagem manual (confeção de flores), peças vazadas (cestas), trançado.

Herend emprega atualmente, cerca de 1150 funcionários, de entre os quais 530 pintores e 210 ceramistas (que utilizam a modelagem mecânica e manual). A Herend é a fábrica com o maior número de ceramistas de toda a Europa.

Onde está localizada Herend?

Index - Mindeközben - Porcelán életfával pótolták a kivágott fák tömegét a József Nádor téren

A cidade de Herend situa-se na parte ocidental da Hungria, a aproximadamente 40 km de distância do Lago Balaton. Apesar da população ser pouco numerosa, Herend recebeu o estatuto de cidade. A sua principal atração é o centro Porcelanium, com uma mini-fábrica, onde os visitantes podem aprender sobre as diferentes etapas de manufatura da porcelana, através de demonstrações ao vivo. O Porcelanium também conta com um restaurante, o Apicius Restaurant and Coffee Shop, considerado um dos melhores da Hungria, onde os pratos da alta culinária são servidos, é claro, em porcelanas Herend. O Herend Porcelain Museum (Museu de Porcelanas Herend) oferece a mais preciosa coleção de porcelanas da marca, além de um espetacular acervo de antiguidades.

Áprilisi tréfa? Herenden porcelánváza formájú óriás kilátót építenek | 74nullanulla.hu

Projeto para 2023 na cidade de Herend.

Fonte consultada:

https://herend.com/

 

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade