Poesia da Lusofonia – Celina Sheila Macome (Moçambique)

por Fernando Lopes

Amo um ser que não existe

Viajei num mundo imaginário
Encantei-me aos olhos do poeta
Procurei um lugar que não existe
Mergulhei no mar, ao encontro da poesia

Escrevi um poema entre as nuvens
Entre versos, beijei o poeta
No luar, fizemos tercetos
Andei atrás, de uma carta que não existia

Sonhei, num barco de palavras poéticas
Lancei-me no mar, ao encontro do meu ser
Escrevi um romance, nos olhos de um poeta

Celina Sheila Macome

Breve biografia

Celina Sheila Moisés Macome é natural Moçambique e atualmente reside na cidade de Maputo. Poetisa e Declamadora, Estudante da Escola Superior de Jornalismo, Funcionária no Ministério dos Recursos Minerais e Energia. Sonhadora, descobriu um dom na escrita, devido o seu estudo na área de comunicação.

Em 2014 teve um impulso na carreira, começou a publicar textos na revista “Dentro de África”. Também participou do E-book “Somos todos poetas”.

No mesmo ano criou o grupo “Intercâmbio dos Escritores da Língua Portuguesa”, na qual é coordenadora de atividades. No grupo fazem parte falantes da língua portuguesa, na qual se destaca “Escritores e Leitores”. O grupo procura elevar e cria um intercâmbio entre a escrita dos países falantes da Língua Portuguesa.

É Promotora de eventos Literários em destaque: Desafio Semanal da Escrita, Palavras de um Menino da Rua, Encontro Literário. Declamadora de poesia apresenta-se em Saraus de poesia na qual cantando se exalta a poesia.

Nos seus textos procura trazer um sonho em realidade, transmitir um conhecimento, informação ao público.

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade