Piroska Felkai – À beira do nada: Em Portugal entre Dois Mundos

por LMn

Entrevista a azeletmegminden.hu

Piroska Felkai encontrou o autêntico em Portugal. Sentia que tinha chegado a um bom porto, a Lisboa. Quando estava grávida do seu segundo filho, descobriu-se que o seu marido não teria mais que seis meses.

O que uma mulher húngara pode fazer sozinha em Portugal com dois filhos? Como a dor edifica alguém e como o luto constrói a autoconsciência?

Também iremos falar sobre isso, mas neste episódio, não será este apenas o único tema, mas também a mentalidade, a história e a literatura portuguesas. Porque Piroska, que ainda hoje vive em Lisboa, é tradutora literária: traduz ficção húngara para português. Abordaremos também outros temas, como a ditadura que perdurou na Europa Ocidental durante décadas sob a longa sombra de Salazar, um escritor laureado com o Prémio Nobel que era um comunista de “seda” e como se pintam as franjas da periferia da Europa no lado ocidental do continente.

Piroska Felkai licenciou-se em Literaturas e Línguas Variante de Estudos Húngaros e Portugueses pela Universidade Eötvös Loránd de Budapeste, tendo sido professora do Ensino Secundário. Doutorada em Literatura Comparada pela mesma Faculdade. Vive em Portugal desde 2000, era leitora do Húngaro na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Iniciou-se na atividade de tradução literária em 2003 com a obra da coletânea de contos de Géza Csáth, intitulada O Matricídio e outras histórias. Traduziu, entre outros, as obras dos autores húngaros como Sándor Márai, Antal Szerb e Magda Szabó.

ENTREVISTA

 

LINKS PARA TÓPICOS DO PROGRAMA

István Örkény

Géza Csáth

Sándor Márai

Antal Szerb

Magda Szabó

Referências a escritores e artistas

Roteiro da entrevista:

00:05:44

Por que os portugueses não entendem Varsányine?

Parte Um: Como um Passarinho – Amor e Luto em Portugal

00:09:26

Como é que Piroska Felkai chegou a Portugal, porque é que vive lá? Uma história de amor: como conheceu o marido, mudança, casamento, filhos.

00:14:04

A doença inesperada do marido durante a segunda gravidez de Piroska. Perda da mãe, últimos meses com João. A importância da despedida no “trabalho de luto”. A história das últimas semanas.

00:29:05

O período de luto, o processamento e a discussão da perda. A necessidade de ajuda externa após o primeiro período. Só com os filhos, a estrutura da imagem do pai, a ajuda dada que lhes dava. A importância da catarse. O problema da autopiedade.

Parte Dois: O Estado Novo – Salazar e Portugal Século XX..

00:46:46

Abertura e isolamento em Portugal. A natureza geracional da atitude e seu efeito na longa ditadura.

00:49:53

Quem foi Salazar, como chegou ao poder e qual era a essência do “Estado Novo”? Revolução, período republicano, turbulência, golpe militar. Salazar, o mago financeiro.

00:58:36

As manobras e neutralidade de Salazar, o seu medo de Hitler, a aliança estratégica de Portugal com a Grã-Bretanha, o pacto de neutralidade ibérico. A aliança do estado com a Igreja Católica. O longo reinado de Salazar.

01:06:09

O início da crise do império colonial português. Sequestro de Santa Maria. Guerras coloniais e seu trauma geracional. Colonos regressando das colonias: os retornados.

01:16:09

Futebol e Política, o filme português Ruth sobre Eusébio. Treinadores húngaros nas seleções portuguesas.

01:19:08

Pais do marido de Piroska Felkai, família e história de Portugal. Contradições ideológicas dentro da família.

01:24:40

Unidade nacional e encerramento de Portugal em tempos difíceis. (Ao contrário da Espanha.) A relação entre portugueses e espanhóis, a natureza periférica de Portugal.

Parte Três: O que te incomoda, sempre acaba acontecendo – Língua, literatura e tradução literária

01:33:34

Os dez milhões de portugueses e os mais de 200 milhões do Brasil: pressão linguística em Portugal. Esforços de unificação e oposição portuguesa. A língua portuguesa é uma complicação, uma formalidade em oposição ao simplista português brasileiro. Palavras africanas recém-chegadas e a natureza geracional do seu uso.

01:42:35

Imigrantes e emigrantes em Portugal.

01:44:38

Os portugueses são os seguidores:? Como isso se encaixa na mentalidade “sul” do povo. Melancolia, saudade, saudade e fado portugueses.

01:49:26

Uma crítica histórica de António Lobo Antunes e José Saramago, uma reavaliação da história portuguesa nos seus romances. Silêncio nas famílias burguesas.

02:01:57

Tradução do húngaro para o português, problemas teóricos e práticos de tradução. Piroska Felkai como guia turística em Portugal.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade