Parlamento de Budapeste: Foi considerado um dos maiores edifícios do mundo e chegou a ter a sua sala de reuniões destruída

por LMn
image_pdfimage_print

Ainda hoje um dos destinos turísticos e fotográficos mais populares, a Casa do Parlamento foi um dos edifícios mais espetaculares do país, mesmo depois da sua construção. Foram necessários 20 anos para concluir este edifício de 268 metros de comprimento, 123 metros de largura e 96 metros de altura, que foi decorado com 40 kg de ouro e meio milhão de pedras ornamentais, para não falar dos 40 milhões de tijolos com que foi construído. Mesmo antes de ser construído, foi objeto de uma forte controvérsia e houve incidentes no interior do edifício, incluindo um em que a sala de reuniões foi destruída.

“Que confusão! Quanta luz, quanto dourado nas paredes! Os olhos não sabem para onde olhar”.

– escreveu Kálmán Mikszáth sobre o recém-inaugurado Parlamento, que era de facto um esplendor em si mesmo, e que muitos consideravam demasiado espalhafatoso. O monumental edifício nas margens do Danúbio foi recebido com ambivalência e a sua construção foi alvo de uma série de controvérsias, incluindo um quase duelo, mas muitas pessoas associaram a morte prematura de Imre Steindl às críticas negativas. No entanto, até hoje, o Parlamento é o que muitas pessoas recordam de Budapeste, e mesmo do país, e embora pensemos que há muitos outros edifícios na cidade que merecem o mesmo “destaque”, concordamos com a sua popularidade. Todos os dias somos capazes de mergulhar nos seus mais diversos pormenores, sejam os hussardos que servem de para-raios, as gárgulas estranhas e grotescas e as muitas lascas de pedra.

 

Original aqui

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade