Papa nomeia para o Brasil bispo que foi voz ativa no norte de Moçambique

por LMn | Lusa

Maputo – O papa Francisco nomeou Luiz Fernando Lisboa, que era desde 2013 bispo da diocese de Pemba, norte de Moçambique, como bispo de Cachoeiro de Itapemirim, no Brasil, anunciou hoje a Conferência Episcopal de Moçambique.

A entidade eclesiástica diz-se agradecida por ter contado “desde o ano 2013 até há bem pouco tempo” com um “grande missionário do Brasil como bispo” na província de Cabo Delgado, lê-se em comunicado.

Luiz Fernando Lisboa regressa ao seu país de origem depois de ter sido uma das vozes mais ativas a nível local e internacional na crise humanitária vivida no norte de Moçambique devido aos ataques de grupos armados naquela região rica em gás natural, mas onde grassa a pobreza.

Segundo referiu hoje fonte diocesana à Lusa, Luiz Fernando Lisboa encontra-se no Brasil e deverá voltar a Pemba no final do mês para as despedidas.

O papa Franciso nomeou, entretanto, António Juliasse Ferreira Sandramo, bispo auxiliar de Maputo, como administrador apostólico de Pemba.

A violência armada na província nortenha de Moçambique, onde se desenvolve o maior investimento multinacional privado de África, para a exploração de gás natural, está a provocar uma crise humanitária com mais de duas mil mortes e 560 mil pessoas deslocadas, sem habitação, nem alimentos, concentrando-se sobretudo na capital provincial, Pemba.

Algumas das incursões passaram a ser reivindicadas pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico desde 2019.

LFO // JH

Lusa/fim

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade