Os consumidores húngaros pagam os preços de energia mais baixos da Europa

por LMn | MTI

Os consumidores residenciais na Hungria continuam a pagar os preços de energia mais baixos entre os países europeus, informou o Gabinete de Regulação da Energia e dos Serviços Públicos húngaro (MEKH) à MTI na quarta-feira, citando os resultados do seu inquérito de agosto.

Salientaram que o preço médio da eletricidade para os consumidores residenciais era de 10,63 cêntimos de euro por quilowatt hora em Budapeste, que classifica a capital húngara em primeiro lugar entre os países da UE na lista das capitais examinadas no último mês do Verão.

O gráfico no comunicado de imprensa mostra que a Sérvia, o único país não pertencente à UE no inquérito, tem um preço médio de eletricidade inferior ao da Hungria, com apenas 8,11 cêntimos de euro em Belgrado.

Os preços médios da eletricidade mais caros encontram-se em Copenhaga, Berlim e Londres, a 33,82 cêntimos de euro, 33,55 cêntimos de euro e 27,81 cêntimos de euro por kWh, respetivamente.

Em agosto, o preço médio residencial do gás natural era de 2,87 cêntimos de euro por quilowatt hora em Budapeste, o mais barato entre as capitais inquiridas. A Hungria foi seguida pela Sérvia com 3,26 cêntimos de euro.

Os preços residenciais médios mais caros para o gás natural encontram-se em Estocolmo, Copenhaga e Amesterdão: 22,33 cêntimos de euro, 12,38 cêntimos de euro e 10,99 cêntimos de euro por kWh, respetivamente.

A MEKH produz relatórios mensais de comparação de preços internacionais, que estão disponíveis no seu website.

A informação sobre os preços ao utilizador final é recolhida pelo regulador austríaco Energie-Control Austria e pelo contratante do MEKH, a empresa finlandesa VaasaETT, utilizando dados de fornecedores e reguladores dos países. O estudo compara os fluxos de eletricidade em 27 capitais da UE, mais Belgrado e Londres.

 

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade