Os 4 do Grupo Visegrád expressam solidariedade com a República Checa no confronto com Rússia

por LMn | MTI

Os ministros dos Negócios Estrangeiros do Grupo Visegrád expressaram a sua solidariedade com a República Checa, que expulsou recentemente 18 diplomatas russos por suspeita de espionagem, numa declaração divulgada ontem à noite.

O primeiro-ministro checo Andrej Babis disse anteriormente que os diplomatas russos eram suspeitos de terem estado envolvidos em explosões num armazém de munições em Vrbetice, no sudeste da República Checa, em 2014. Como retaliação, a Rússia expulsou 20 diplomatas checos.

Os ministros dos negócios estrangeiros da Hungria, Polónia e Eslováquia afirmaram na declaração publicada no sítio web do ministério dos negócios estrangeiros polaco que “condenam todas as actividades que visem ameaçar a segurança dos Estados soberanos e dos seus cidadãos”. “Estamos prontos a reforçar ainda mais a nossa resistência contra ações subversivas, tanto a nível nacional como em conjunto com os nossos aliados da OTAN e no seio da UE”.

Os Ministros dos Negócios Estrangeiros da Polónia, Eslováquia e Hungria expressam solidariedade com as recentes medidas tomadas pelo nosso parceiro próximo, aliado e vizinho, a República Checa”, pode ler-se na declaração conjunta.

Fonte: MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade