27 de setembro Dia Mundial do Turismo

por LMn

Secretário-geral diz que muitos milhões de pessoas dependem do setor para obter renda, especialmente mulheres e jovens; turismo foi um das áreas mais afetadas pela pandemia; cerca de 120 milhões de empregos estão em risco e os impactos podem levar à perda de 1,5 a 2,8% do PIB global.

Neste domingo, 27 de setembro, as Nações Unidas marcam o Dia Mundial do Turismo.

Em mensagem, o secretário-geral, António Guterres, afirmou que o setor “sofreu enormemente durante a pandemia de Covid-19.”

Perda de receitas de turismo é um dos problemas para estes Estados insulares, by Pnud/Luke McPake

Impacto

Segundo a ONU, cerca de 120 milhões de empregos estão em risco e os impactos podem levar à perda de 1,5 a 2,8% do PIB global.

Isso afetará particularmente os países mais vulneráveis, incluindo os pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, as nações menos desenvolvidas e muitas africanas, onde o turismo chega a representar entre 30% e 80% das exportações.

Para António Guterres, enquanto o mundo procura se recuperar desta crise profunda, “o reinício seguro do turismo é essencial.”
Para ele, existe “uma oportunidade, sem precedentes, de transformar a relação do setor de turismo com as pessoas, a natureza, o clima e a economia.”

O chefe da ONU diz que líderes de todo o mundo devem “garantir uma distribuição justa dos benefícios e avançar na transição para uma economia de turismo resiliente e neutra em carbono,”

Mudanças

Guterres lembra que, nos 40 anos desde o primeiro Dia Mundial do Turismo, muita coisa mudou. A demanda por viagens disparou. O mundo se abriu, permitindo que mais viajantes conheçam o globo e suas diferentes culturas.

Hoje, o turismo está incluído na Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável como um motor para o avanço da prosperidade, proteção do planeta e base para a paz e o entendimento entre os povos.

Lembre a mensagem de António Guterres sobre turismo e recuperação pós Covid-19:

Esse ano, o tema é “Turismo e o Desenvolvimento Rural”. As Nações Unidas afirmam que desenvolvimento por meio do turismo também pode manter vivas as comunidades rurais.

Estima-se que em 2050, 68% da população mundial viverá em áreas urbanas. Apesar disso, 80% das pessoas que atualmente estão em “pobreza extrema” moram fora das cidades.

A situação é pior para os jovens. Nas comunidades rurais, eles têm três vezes mais probabilidade de desemprego que os adultos mais velhos.

Apelo

O secretário-geral diz que “muitos milhões de pessoas dependem do turismo para obter renda, especialmente mulheres e jovens.” Segundo ele, essas pessoas “poderiam ser esquecidas, mas encontraram um trabalho decente e a chance de uma vida melhor.”

Além de oferecer oportunidades, o turismo pode desempenhar um papel importante na preservação de culturas, proteção da biodiversidade e ecossistemas.

Neste ano mais desafiador, António Guterres pede que o mundo se concentre na importância do turismo para as pessoas que vivem em áreas rurais, para que seja possível cumprir a promessa dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de não deixar ninguém para trás.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade