Oito medalhas conquistadas pelos húngaros no Campeonato do Mundo de Champanhe e Espumante

por LMn
image_pdfimage_print

Três medalhas de ouro e cinco de prata foram ganhas pelos produtores de vinho espumante húngaros no Campeonato Mundial de Champanhe e Vinho Espumante (CSWWC) deste ano.

O Campeonato Mundial de Champanhe e Vinhos Espumantes é a maior competição internacional de champanhe e vinhos espumantes, e este ano marcou o décimo aniversário do evento.

Oficinas de champanhe de 19 países de todo o mundo competiram no concurso, onde três juízes – Tom Stevenson, do Reino Unido, Essi Avellan, da Finlândia, e György Márkus, da Hungria – julgaram as cerca de 1000 entradas durante onze dias.

O produtor húngaro mais bem-sucedido na competição deste ano, o Brut Classic Magnum 2018 da Kreinbacher Estate em Somló, feito com chardonnay, furmint, pinot noir e pinot blanc, ganhou a medalha de ouro, enquanto o Brut Classic NV e o Prestige Brut NV levaram para casa medalhas de prata.

Participaram no concurso oficinas de champanhe de 19 países de todo o mundo.

O júri atribuiu duas medalhas aos vinhos espumantes da propriedade Sauska, em Tokaj: o Sauska NV Brut Magnum, feito com hortelã, folha de lima e Chardonnay, ganhou o ouro, enquanto o Sauska 2016 Extra Brut foi galardoado com a prata.

O vinho espumante Gróf Degenfeld 2019 Organic Extra Brut da Gróf Degenfeld Estate, também de Tokaj, feito de Furmint puro, também ganhou uma medalha de ouro, enquanto o vinho espumante Álom 2019 da Esterházy Pezsgőgyár em Neszmély e o Prestige Brut Magnum da Pearl & Z em Eger ganharam medalhas de prata no Campeonato Mundial.

 

Original aqui

Foto: 123rf.com

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade