O potencial de investimento estrangeiro de Portugal sob os holofotes no primeiro evento do The Business Year em Lisboa

por LMn
image_pdfimage_print

The Business Year reuniu personalidades de toda a comunidade empresarial local no seu último evento, Unlocking Portugal: Investment Insights & Opportunities.

Altos executivos de toda a comunidade empresarial portuguesa reuniram-se para Unlocking Portugal: Investment Insights & Opportunities, o primeiro evento realizado pelo grupo global de media The Business Year (TBY) em Portugal.

Seis oradores de alto nível de associações empresariais e empresas líderes falaram a um público c-level sobre as suas perspetivas acerca das oportunidades e desafios de curto e longo prazo que Portugal enfrenta.

O evento, que foi aberto pela Directora da TBY Portugal, Cristina Villegas, aconteceu pouco antes do lançamento do The Business Year: Portugal 2023, a mais recente publicação da TBY dedicada ao país, e aprofundou muitos dos mesmos temas. Para o produzir, Villegas liderou uma equipa que passou quatro meses a pesquisar e a conduzir mais de 130 entrevistas com executivos seniores de vários sectores da economia portuguesa.

Incentivos fiscais atrativos, mão de obra altamente qualificada e estabilidade social e política são algumas das vantagens destacadas pelo Presidente da Câmara de Comércio Americana, António Martins da Costa, que abriu o evento com uma visão geral da economia portuguesa. Martins da Costa referiu-se também à resiliência demonstrada pela economia nacional para responder a alguns dos recentes desafios macro, tais como a Covid-19 e a subsequente pressão da subida da inflação e taxas de juro.

Com um valor de 30,7 mil milhões de euros em 2022, o sector imobiliário residencial continuou a ser o líder em investimentos imobiliários mais amplos no ano passado, segundo Hugo Santos Ferreira, Presidente da Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII). No discurso que se seguiu, Santos Ferreira falou da importância do sector imobiliário como uma das principais fontes de Investimento Direto Estrangeiro (IDE), descrevendo-o como um segmento que está a atrair particular atenção dos investidores norte-americanos, apesar do fim do programa Golden Visa.

O fim do Golden Visa foi o primeiro tema abordado numa mesa redonda com quatro oradores: Gonçalo Santos, Chefe do Mercado de Capitais da JLL; Daniel Tareco, Membro do Conselho de Administração da Habitat Invest; Miguel Pernes, Diretor-Geral Portugal da Hitachi Energy; e Bernardo Maciel, Sócio da Yunit Consulting. Durante a discussão, os membros do painel comentaram que a existência de outros regimes fiscais de investimento ajudará a mitigar o fim do programa Golden Visa.

Outros temas abordados foram a posição de liderança de Portugal no sector europeu das energias renováveis, a força das suas pequenas e médias empresas e os esforços que estão a fazer para digitalizar, oportunidades no sector imobiliário, para além dos imóveis residenciais, e as medidas que estão a ser tomadas para descarbonizar a economia.

O debate foi seguido de uma sessão em rede no Corinthia Lisbon Hotel para encerrar o evento.

O evento Unlocking Portugal: Investment Insights & Opportunities foi produzido em colaboração com a Câmara de Comércio Americana, a Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP), a Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII), e a Câmara de Comércio Espanhola; e apoiado pela Revista Business, como media partner, Between Collective como video partner, A3, como parceiro de artes gráficas, e LXPRO como parceiro de áudio.

Fonte: https://revistabusinessportugal.pt/

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade