Meteoro Gemínida sobre Salgótarján na madrugada de 14 de dezembro

por LMn | MTI

Um meteoro é visto no céu acima da propriedade residencial Beszterce em Salgótarján, Hungria, na madrugada de 14 de dezembro de 2021.

As Gemínidas visitam anualmente o hemisfério Norte entre os dias 4 e 20 de dezembro.

Segundo o OAL, o pico de atividade máxima das Gemínidas ocorreu no dia 14 pelas 07 horas, estimando-se um número médio de 150 meteoros por hora. Viajam pelo Espaço a 35 quilómetros por segundo e é isto, que em conjunto com a taxa de atividade, as transforma numa das chuvas de estrelas mais prolíficas do ano.

Um campo, um miradouro ou uma montanha, sem poluição luminosa e com o horizonte desimpedido, são as condições ideais para a observação de uma chuva de meteoros.

Ao que tudo indica, à semelhança do que aconteceu com as Oriónidas e Leónidas, o pico de atividade máxima das Gemínidas será três dias após o nosso satélite natural (a Lua) atingir a fase de Quarto Crescente (dia 11 de dezembro às 01h36min).

Infelizmente, neste ano de 2021, não haverá muito boas condições de observação para esta chuva de estrelas graças ao brilho da Lua que dificultará bastante a visão.

Foto: MTI/Péter Komka

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade