Mercedes investe 141 milhões de euros para fabricar carros totalmente EV na Hungria

por LMn

O fabricante alemão de automóveis Mercedes-Benz investirá 50 mil milhões de forints (141 milhões de euros) na sua fábrica em Kecskemet, na Hungria central, para adicionar veículos totalmente eléctricos à paleta de produção, disse na segunda-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comércio, Péter Szijjártó.

O governo está a apoiar o investimento, que irá “cimentar o futuro de mais de 4.400 empregos”, com uma subvenção de 15 mil milhões de forint, disse Szijjártó numa conferência de imprensa online na fábrica.

O ministro chamou ao investimento “um marco” para a fábrica de Kecskemét, bem como para a economia e indústria automóvel húngaras. “Um dos maiores fabricantes mundiais de automóveis com tecnologias de ponta decidiu trazer à Hungria um investimento tão significativo em alta tecnologia, numa altura em que a indústria automóvel mundial não está exageradamente interessada em novos investimentos”, disse Szijjártó.

Este novo projeto veio reforçar ainda mais a cooperação económica húngaro-alemã, acrescentou. Christian Wolff, CEO da Mercedes-Benz Manufacturing Hungary, disse que a produção de veículos da marca EQB da Mercedes totalmente elétricos poderia começar em Kecskemét a partir do quarto trimestre em 2021.

O modelo terá a sua estreia mundial na próxima Primavera, acrescentou ele. Uma nova fábrica de prensagem, anunciada em março de 2020, começará a funcionar em 2022. A fábrica em Kecskemét produziu cerca de 190.000 veículos compactos no ano passado.

MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade