Lucros da Galp Energia sobem para 155 ME no primeiro trimestre de 2022

por LMn | Lusa
A Galp Energia obteve um resultado líquido de 155 milhões de euros no primeiro trimestre de 2022, que comparam com 26 milhões de euros do período homólogo e com 130 milhões do trimestre anterior.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), O EBITDA da petrolífera subiu 74% para 869 milhões de euros, “impulsionado pelo forte desempenho no ‘upstream’ e desempenho da refinação”.

A empresa terminou o primeiro trimestre deste ano com uma dívida líquida de 2,392 mil milhões de euros, face a 1,552 mil milhões do mesmo período de 2021.

A subida dos preços do petróleo e das margens de refinação foram as principais razões para este aumento dos lucros. As margens de lucro subiram para os 22,3 dólares por barril.

Numa base ajustada, o lucro foi de 265 milhões de euros, contudo, numa base contabilística (IFRS), o resultado líquido foi 713 milhões de euros até junho. A Galp descreve a sua performance operacional como “robusta”, visto que a empresa tem estado “a capturar com sucesso condições de mercado favoráveis”.

Os lucros antes de juros, depreciações e amortizações (EBITDA) aumentou para 97%, passando para 2.114 milhões de euros, nos primeiros seis meses do ano.

A melhoria da rentabilidade do negócio deve-se à exploração e à produção de petróleo e gás (upstream), que geraram vendas no valor de 1.680 milhões de euros, nos primeiros seis meses do ano, registando um aumento de 86%.

Já a área industrial e de gestão de energia, incluindo a refinação, obteve um total de vendas de 285 milhões de euros, o negócio comercial obteve 153 milhões de euros, enquanto a área das energias renováveis totalizou um volume de negócios negativo de cinco milhões de euros.

O indicador do investimento, o capex, da Galp era de 365 milhões de euros, no final do mês de junho. A dívida líquida da empresa aumentou 28%, passando para 2.185 milhões de euros, estando 0,7 vezes acima do EBITDA.

De acordo com as perspetivas que a Galp enviou à CMVM, o preço médio do barril de petróleo deve chegar aos 90 dólares e a margem de refinação deve chegar aos 15 dólares por barril, valor que se encontra abaixo do registado atualmente (22,3).

Até ao final do mês de junho, a empresa utilizou 40 milhões de euros no plano de recompra de ações próprias. No total, a Galp pretende investir 150 milhões de euros neste programa.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade