Kristóf Milák bate recorde do mundo nos 200 mariposa nos Mundiais de Natação

por LMn | Lusa

Budapeste, 21 jun 2022 (Lusa) – O húngaro Kristóf Milak bateu hoje o recorde do mundo dos 200 metros mariposa, na final da distância nos Mundiais de natação, em Budapeste, onde o norte-americano Caleb Dressel não vai defender o título nos 100 livres.

Milák, de 22 anos, nadou em 1.50,34 minutos, tirando 0,39 segundos ao anterior recorde, que já lhe pertencia desde os últimos Mundiais, em Gwangju, na Coreia do Sul, em 2019.

Milák terminou 3,03 segundos à frente do francês Leon Marchand e 3,27 do japonês Tomoru Honda, dando a primeira medalha à Hungria nestes Mundiais.

Caeleb Dressel não vai defender o seu título nos 100 metros livres, ao desistir antes das meias-finais, sendo substituído pelo sul-coreano Hwang Sun-woo.

“A decisão foi tomada pela equipa dos Estados Unidos, juntamente com Caeleb, o seu treinador e a equipa médica da seleção, de ele se retirar da prova dos 100 metros livres por motivos médicos”, lê-se num comunicado da federação norte-americana, que não revelou se Dressel vai participar em outras provas.

NFO // AJO

Também poderá gostar de