Júpiter e Saturno juntos recriam a “Estrela de Natal”. O Alinhamento é amanhã. Não deixe de ver.

por LMn

Este ano, o Solstício de Inverno coincide com uma “grande conjunção planetária”, de Júpiter e Saturno, a qual muitos já batizam como uma das primeiras “estrelas do Natal”.

Esta conjugação ocorre amanhã no último solstício de 2020, dia 21 de dezembro, apresentando-se os planetas Júpiter e Saturno juntos no céu noturno.

É um fenómeno celeste que foi registado e avistado pela primeira vez, na maior parte do planeta Terra, em 1226, de acordo com o astrónomo Nahum Arav da Virginia Tech.

“Este evento raro é especial por causa do quão brilhantes os planetas serão e quão próximos eles ficam um do outro no céu”, disse Arav em comunicado.

É uma conjugação que ocorre a cada 397 anos, sendo que o último alinhamento, visível da Terra, aconteceu em 1623. Mas de acordo com Joe Rao, instrutor do Planetário Hayden, em Nova Iorque, a observação deste fenómeno não foi possível para a maioria dos habitantes do planeta Terra, devido à localização no firmamento durante a noite.

Agora, em 2020, os dois planetas voltam a alinhar-se e vão criar a ilusão de uma nova e brilhante estrela nos céus escuros do hemisfério norte. Júpiter e Saturno compartilham quase as mesmas coordenadas celestes uma vez a cada 20 anos.

“Isto significa que, com ajuda de um telescópio, poderemos ver os dois planetas – Saturno com o seu famoso sistema de anéis e Júpiter com as suas faixas de nuvens e satélites, simultaneamente no mesmo campo de visão”, segundo o instrutor do Planetário Hayden em Nova Iorque.

Atualmente, de acordo com a projeção do Observatório Astronómico de Lisboa, já podemos ver os dois planetas quase juntos, mas é no dia 21 de dezembro (Solstício de Inverno) que Saturno e Júpiter terão aproximadamente a “espessura de uma pequena moeda mantida à distância de um braço” separados no céu, nas palavras da NASA.

Neste comunicado da agência espacial norte-americana, pode também ler-se que “este alinhamento é a maior conjunção entre Júpiter e Saturno até o ano 2080”.

RTP

Saiba mais:

https://observador.pt/factchecks/fact-check-a-estrela-de-belem-vai-ser-visivel-poucos-dias-antes-do-natal/

 

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade