Hungria: Vacinação dos estrangeiros residentes

por LMn

Os cidadãos estrangeiros que queiram ser vacinados na Hungria devem ter um número de segurança social (TAJ) e ter a sua residência actual na Hungria. O processo de registo na vakcinainfo.gov.hu e a própria vacinação segue o mesmo calendário que o dos cidadãos húngaros.

A data da sua vacinação será determinada com base na sua idade e historial médico. Se não tiver um médico de família, será visitado pelo médico distrital ou chamado ao centro de vacinação (hospital local), onde receberá a vacina.

Será primeiro notificado da hora e do local por telefone. O governo já está a trabalhar para facilitar a vacinação aos cidadãos estrangeiros, eliminando a exigência de um número de segurança social húngaro.

Na Hungria, os trabalhadores de saúde foram os primeiros a serem vacinados, seguidos pelos residentes e pessoal em lares de idosos e de assistência social.

Na terceira ronda, no início de Fevereiro, a vacinação do grupo populacional mais idoso começou nos consultórios de clínica geral e centros de vacinação.

Será vacinado com as vacinas Pfizer ou Sputnik V, esta última só pode ser administrada a pessoas sem doenças crónicas.

A inoculação com a vacina AstraZeneca também começou na semana passada para pessoas com menos de 60 anos que sofrem de doenças crónicas.

Um total de 336.297 pessoas na Hungria foram vacinadas até agora, das quais 129.339 já receberam a segunda vacinação.

Fonte: Hungary Today

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade