Hungria: Vacinação de estrangeiros sem número de segurança social húngara vai começar

por LMn | MTI

A inoculação de jovens registados de 16-18 anos será iniciada após 10 de Maio, enquanto os estrangeiros residentes na Hungria serão elegíveis para se registarem a partir de hoje, disse a médica-chefe, Cecília Müller.

Entretanto, a Pfizer-BioNTech solicitou à Agência Europeia de Medicamentos a acreditação da sua vacina para os 12-15 anos de idade, disse Cecília Müller numa conferência de imprensa do conselho operativo responsável pelo tratamento da epidemia. Assim que o procedimento estiver concluído, a Hungria irá também alargar o âmbito dos demográficos elegíveis, disse ela.

Os estrangeiros sem números de segurança social também poderão inscrever-se para a vacina a partir de hoje, disse Müller.

Quase 340.000 doses de vacina da Pfizer deverão chegar à Hungria nesta terça-feira, disse Müller, acrescentando que serão utilizadas para reprogramar o segundo dose dos professores que supervisionam os exames finais  nas escolas secundárias, que começaram ontem.

As vacinas Janssen de dose única serão utilizadas em autocarros de vacinação destinados a localidades remotas, disse ela. Aqueles que desejem receber a sua segunda vacina AstraZeneca antes do prazo originalmente designado de três meses podem solicitá-la onde receberam a primeira dose, disse.

Graças aos esforços de proteção e vacinação, os números da pandemia húngara estão a melhorar constantemente, disse a médica-chefe.

Fonte: MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade