Hungria: Um terço dos húngaros diz que existe um perigo real de propaganda LGBTQ em jardins de infância – Publicus

por LMn

Segundo uma sondagem do Instituto Publicus realizada no final de Julho, 42% dos húngaros acreditam que as organizações LGBTQ em jardins de infância e escolas são um perigo real quando promovem a propaganda de uma orientação sexual diferente da maioria. Quase um terço dos húngaros pensa que é possível que alguém se possa tornar homossexual por causa de tal conteúdo.

A sondagem, encomendada pelo diário oposicionista Népszava, examinou o sentimento anti-gay dos húngaros e a sua percepção da iniciativa do referendo promovida pelo Primeiro-Ministro Viktor Orbán. Uma percentagem mais elevada de eleitores da oposição (90%) sabiam do referendo, mais do que os apoiantes do partido do governo (75%).

55% dos apoiantes do Fidesz acreditam que o referendo é realmente sobre a proteção das crianças, enquanto a maioria dos apoiantes da oposição (87%) acredita que é uma ação política que faz parte da campanha eleitoral.

Segundo a sondagem, 78% dos apoiantes do Fidesz e 27% dos apoiantes da oposição unida participariam no referendo.

Fonte: Telex.hu

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade