Hungria: Presidente destaca a importância da transparência na Cimeira dos Três Mares

por LMn | MTI

O Presidente húngaro János Áder salientou a importância da transparência no processo de tomada de decisões da Iniciativa dos Três Mares (TSI) na cimeira dos estados membros do fórum em Sófia, esta sexta-feira. O presidente afirmou que a melhoria das infra-estruturas dos antigos estados membros socialistas da TSI era um dos principais objetivos do fórum na altura da sua criação, há seis anos.

Afirmou que o fundo de investimento criado no âmbito da iniciativa tinha aprovado três projectos que não se encontravam entre as propostas dos estados membros, acrescentando que os projectos de investimento realizados pela TSI deveriam servir a região no seu conjunto.

Áder disse que a lista de projectos a serem apoiados pelo fundo incluía 8 projectos de energia, 6 de transportes, e 2 de digitalização que a Hungria considerava cruciais.

Referiu que as empresas húngaras tinham implementado vários projectos de infra-estruturas, energia e protecção climática na região. Fez menção especial à construção de um troço da auto-estrada Via Carpathia e de uma nova ponte entre a Hungria e a Eslováquia. Acrescentou que a Hungria já tinha ligado os seus gasodutos com os de seis dos seus vizinhos.

O presidente disse ainda que a Hungria estava a trabalhar para tornar 90-95% da sua produção de energia livre de dióxido de carbono até 2030.

A Iniciativa dos Três Mares é um fórum de doze países situados entre os mares Báltico, Negro e Adriático que advoga o desenvolvimento de infra-estruturas nos sectores da energia, transportes e digital. Os seus membros incluem a Áustria, Bulgária, Croácia, República Checa, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Polónia, Roménia, Eslováquia e Eslovénia.

 

Fonte: MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade