Hungria: Ministra Judit Varga – A Comissão está agora a chantagear a Hungria por causa da protecção das crianças!

por LMn

Não estamos surpreendidos: o último relatório da Comissão Europeia centra-se na lei húngara de protecção da criança. A Hungria não é um Estado de direito, porque protegemos os direitos das crianças e dos pais ao mais alto nível.

O seu problema é que não permitimos activistas LGBTQ ou qualquer tipo de propaganda sexual em escolas e jardins de infância húngaros.

Mais uma vez, temem pela democracia húngara, enquanto nós garantimos e protegemos os direitos mais básicos não só ao abrigo da Lei Fundamental, mas também ao abrigo da Carta dos Direitos Fundamentais da UE.

Esta é a segunda vez em menos de um ano que a Comissão publica um relatório sobre o Estado de direito nos Estados Membros da União Europeia.

O relatório do Outono passado provou que não é possível produzir uma análise objectiva e comparável de instituições jurídicas complexas com base em pontos de partida politicamente motivados, preconceitos e bases metodológicas instáveis.

tenhamos ilusões: o veredicto do último relatório sobre a Hungria foi alcançado muito antes de uma única carta ter sido escrita, porque em vez de ser bem fundamentado, objectivo e genuinamente profissional, faz eco das críticas das ONG que são tendenciosas contra a Hungria. Bruxelas está claramente a aplicar dois pesos e duas medidas à Hungria!

Claro, poderíamos dizer que um novo relatório significa uma nova oportunidade, mas infelizmente, as nossas intuições também se revelaram correctas desta vez. O documento sobre o Estado de direito emitido hoje também faz parte de uma campanha em que o Estado de direito não é um princípio, mas um instrumento de chantagem.

Mais uma vez, a Comissão parece atribuir mais importância ao lobby LGBTQ do que à protecção das minorias nacionais ou à tomada de medidas contra o anti-semitismo.

Triste!

Fonte: Página Facebook de Judit Varga

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade