Hungria: Matolcsy quer parques de inovação em universidades de topo

por LMn

A Hungria poderia atingir um nível de recuperação sustentável através da construção de parques de inovação e jardins inteligentes em torno das melhores universidades, que poderiam ser os berços e incubadoras de uma economia totalmente nova baseada na inovação e propriedade húngaras, disse o governador do Banco Nacional da Hungria (MNB), György Matolcsy, numa entrevista publicada em novekedes.hu.

Matolcsy disse que a Hungria construiu o seu desenvolvimento económico com base na inovação desenvolvida e importada do estrangeiro nos últimos 30 anos, o que é uma prática comum, mas que só se pode realmente alcançar a recuperação através da construção de um setor empresarial de propriedade nacional baseado na inovação e capital nacionais, juntamente com o setor que utiliza a propriedade, tecnologia e gestão.

“A estrutura de crescimento até agora mostra que essencialmente não utilizámos uma série de fontes onde existe a possibilidade de criar uma economia competitiva baseada na inovação e na propriedade nacional”, disse Matolcsy.

Entre estas áreas, ele mencionou o uso de água desde a irrigação até às águas medicinais, clima e condições do solo.

Fonte: novekedes.hu

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade