Hungria: Licenciar-se e ganhar 990 euros?

por LMn

Na Hungria, os estudantes perguntam muitas vezes quanto da energia investida na aprendizagem irá valer a pena após a graduação. Segundo um inquérito recente, 990 euros brutos (345.468 HUF) é o salário médio dos recém-formados.

Os profissionais de TI continuam a ser os melhores remunerados, mas os licenciados em ciências políticas e programas técnicos podem também contar com um salário bruto de mais de 400.000 HUF.  Segundo Eduline, mais de 90% dos licenciados em TI encontram emprego na área da sua licenciatura, e o seu rendimento bruto médio mensal aproxima-se dos 500.000 HUF (1.433 euros), o que os torna os melhores remunerados.

Os estudantes de mediação de arte, pedagogia e formação religiosa podem esperar o salário mais baixo – o salário bruto médio nas três últimas áreas é de 210-220.000 HUF (630 euros).

Os salários dos professores são extremamente baixos: o salário bruto médio é de 226.077 HUF (647 EUR). no ranking da OCDE: os professores húngaros encontram-se na pior situação entre os países da UE Por outro lado, quase 90% dos educadores podem encontrar emprego na sua profissão.

No domínio intermédio – tanto com base no salário como no emprego correspondente à licenciatura – encontram-se licenciados em Economia, Ciências Naturais, Agricultura, Ciências Sociais, e Artes.

A investigação de acompanhamento de carreira também forneceu dados institucionais, segundo os quais os licenciados em Humanidades da Universidade Eötvös Loránd, Universidade Reformada Károli Gáspár, e Universidade de Debrecen podem contar com o salário mais elevado, com quase 300.000 HUF (860 euros) brutos por mês. 55,57% destes diplomados podem encontrar emprego na sua profissão.

Os licenciados em Economia, que parecem ser uma melhor escolha financeira para aqueles que estão a prosseguir os seus estudos ao nível do Mestrado, estão a ganhar melhor, mas estão longe de ser uma boa escolha para os salários iniciais. A lista é liderada pela Universidade Corvinus de Budapeste com um salário médio de 450.000 HUF (1.290 euros), seguida pela Universidade de Tecnologia e Economia de Budapeste, mas mesmo assim o salário médio excede apenas 400.000 HUF brutos. A maioria ganha entre 300-400.000 HUF, mas há aqueles cujo salário não chega sequer aos 300.000 HUF.

Fonte: www.eduline.hu

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade