Hungria: Governo quer indústria alimentar competitiva no mercado internacional em 2027

por LMn | MTI

Até ao final da década, estão previstos desenvolvimentos a uma escala sem precedentes na indústria alimentar da Hungria, com um aumento significativo do financiamento a ser disponibilizado durante o actual período orçamental da União Europeia em comparação com o anterior, disse o secretário de estado responsável pela supervisão da cadeia alimentar no Ministério da Agricultura ao diário Magyar Nemzet esta segunda-feira.

Norbert Erdős disse que a Hungria rural terá acesso a 4,500 mil milhões de forints (12,5 mil milhões de euros) de financiamento entre 2021 e 2027, com a maior contribuição orçamental disponível de 80% por parte do Estado húngaro.

Está prevista a publicação de um concurso já no primeiro semestre deste ano, que permitirá às micro e pequenas empresas da indústria alimentar candidatarem-se sobretudo à aquisição de equipamento, afirmou.

O ministério lançou uma série de consultas em linha com representantes do sector, a fim de assegurar que as propostas convidadas correspondam às exigências, acrescentou Erdős.

Espera-se que a indústria alimentar húngara volte a ser um player-chave na competição internacional até ao final do período orçamental de 2027, afirmou, acrescentando que os produtores húngaros terão todas as oportunidades de se aproximarem dos concorrentes europeus mais desenvolvidos.

Fonte: MTI

Foto: Unsplash

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade