Hungria: Governo empenhado no combate às alterações climáticas

por LMn | MTI
image_pdfimage_print

Segundo o plano, 90% da energia gerada na Hungria será isenta de carbono até 2030, e o país pretende atingir a neutralidade climática até 2050, destacou A. Szentkirályi.

O governo também apoia a utilização de veículos eléctricos, e contribuiu para a aquisição de 2.000 bicicletas eléctricas, 950 carros eléctricos e 300 scooters eléctricos até à data, acrescentou Szentkirályi.

A porta-voz referiu também um novo programa de florestação destinado a ajudar a cultivar cerca de 650 hectares de novas florestas em todo o país. Até agora, 1,1 milhões dos 3 milhões de árvores planeadas foram plantadas, disse Alexandra Szentkirályi, acrescentado que o programa visa aumentar a proporção da área florestal da Hungria para 27% até 2030.

Pelo seu lado, Attila Steiner destacou que o governo lançou no ano passado uma campanha de limpeza, que, juntamente com uma aplicação smartphone, contribuiu para a recolha de 25.000 toneladas de resíduos em todo o país.

A partir deste verão, o governo está a proibir os plásticos de utilização única e irá encorajar a reciclagem e o reprocessamento de resíduos, afirmou.

O secretário de estado afirmou ainda que a Hungria está também a aumentar as suas capacidades solares, disse, observando que cerca de 80.000 lares, empresas e instituições públicas estão agora já a ser parcialmente alimentados por energia solar.

Fonte: MTI

 

Crédito da foto de Balázs Mohai/MTI

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade