Hungria: FMI revê e aumenta significativamente previsão de crescimento da Hungria para 6,2% em 2021

por LMn

O Fundo Monetário Internacional reviu a sua previsão do crescimento económico da Hungria de 4,3% para 6,2%  em 2021, disse ontem o Ministro das Finanças Mihály Varga.

Numa avaliação após uma consulta regular, o FMI chamou à resposta da política fiscal da Hungria às consequências económicas da pandemia do coronavírus “grande e oportuna”. Notou que o défice aumentou para 8,1% do PIB e que a dívida pública aumentou acima de 80% do PIB. O FMI espera que a inflação seja 4,1% em 2021.

O Banco Nacional da Hungria (NBH) reagiu rapidamente às pressões do mercado, fornecendo ampla liquidez através de uma variedade de instrumentos políticos, disse o relatório, elogiando as medidas de protecção da economia do governo húngaro, a sua política orçamental e os seus passos para preservar empregos e incentivar investimentos, disse Varga num post do Facebook.

 

Fonte: Página Facebook de Varga Mihály

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade