Hungria – FMI. Crescimento da economia húngara terceiro maior na UE

por LMn

O Fundo Monetário Internacional (FMI) espera que a economia húngara cresça este ano, à terceira taxa mais rápida da União Europeia. Assim, o Produto Interno Bruto (PIB) da Hungria, em 2021 aumentará 7,6%, após a descida de 5% em 2020.

Aquele valor está de acordo com o último World Economic Outlook do FMI divulgado a 12 de Outubro, e excede em 3,3 pontos percentuais a previsão de Abril.

Com este crescimento, a Hungria, na União Europeia, apenas será ultrapassada pela Irlanda (13%) e a Estónia (8,5%).

De acordo com a previsão, a economia da Hungria crescerá 5,1% em 2022 e 3,8% em 2023.

O FMI também confirmou a sua previsão de inflação de 4,5% para este ano, que ultrapassa a taxa do ano passado em 1,2 pontos percentuais. Colocou a inflação média anual para 2022 em 3,6% e para 2023 em 3,3%.

Fonte: MTI

Foto: A directora Executiva do FMI Kristalina Georgieva – MTI/EPA-KEYSTONE/Alessandro Della Valle

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade