Hungria continua a apoiar empresas exportadoras

por LMn | MTI

O governo decidiu prolongar o seu programa destinado a ajudar as empresas de exportação húngaras, dando acesso aos empréstimos subsidiados do EXIM Bank até ao final deste ano, disse  o ministro dos Negócios Estrangeiros e do Comércio.

Péter Szijjártó afirmou no Facebook que a estabilidade financeira era crucial para as empresas exportadoras, à luz das incertezas causadas pela pandemia do coronavírus.

Até à data, mais de 1.000 empresas húngaras recorrem ao programa EXIM Bank, lançado na Primavera passada, contraindo empréstimos no valor combinado de 320 mil milhões de forints (890 milhões de euros), disse Szijjártó.

Szijjártó acrescentou que “a fórmula é simples: quanto mais empresas húngaras de exportação puderem gerar mais receitas, mais dinheiro será devolvido ao povo húngaro sob a forma de aumentos e desenvolvimentos salariais”.

MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade