Hungria: As cervejeiras artesanais pretendem aumentar a sua quota de mercado para 10%

por LMn | MTI

As cervejeiras artesanais húngaras querem aumentar a sua quota de mercado de 2 para 10% nos próximos anos, com o apoio das recentes alterações à legislação, disse Zsolt Gyenge, chefe da Associação de Cervejeiros Artesanais (KSE), na Feira e Exposição Nacional de Agricultura e Alimentação (OMÉK) em Budapeste, na quinta-feira, de acordo com um relatório da MTI.

Os legisladores aprovaram legislação em Dezembro que limita o volume de cerveja, refrigerantes, água mineral e água com gás que os hotéis e estabelecimentos de restauração podem contratar de um único fornecedor a 80%. A lei também exige que os estabelecimentos de restauração armazenem cerveja, refrigerantes, água mineral e água gaseificada de pelo menos dois produtores diferentes.

Gyenge disse que apenas 1-3% dos estabelecimentos de restauração oferecem atualmente cerveja artesanal.

Csaba Balázs Rigó, que dirige o Gabinete de Concorrência da Hungria (GVH), disse que as alterações à legislação sobre comércio visam oferecer aos consumidores húngaros uma escolha e dar aos fabricantes de cerveja artesanal acesso ao mercado.

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade