Hungria: A Taxa de Mortalidade da Pandemia

por LMn

Segundo os dados de ontem (publicados na quinta-feira, 22 de abril), desde o surto de coronavírus, 26.000 pessoas morreram oficialmente na Hungria devido à doença. Com isto, ultrapassamos a República Checa em termos de mortalidade relacionada com a população, pelo que, no mundo, é aqui que é a taxa de mortalidade mais elevada.

Pode-se afirmar que apesar da dificuldade da comparação de dados  devido a problemas metodológicos, é certo que, à luz dos dados oficiais do  koronavirus.gov.hu a taxa de mortalidade dificilmente pode ser considerada um sucesso por parte da Hungria.

Vejamos as estatísticas mais recentes: 214 pacientes, geralmente idosos com co-morbilidades, morreram nas últimas 24 horas, enquanto 3.607 novas infecções foram registadas, pode ler-se no  koronavirus.gov.hu.

Até agora, 3.419.450 pessoas receberam a primeira vacina, enquanto 1.453.300 foram totalmente vacinadas.

O número de infecções activas é de 265.374, enquanto os hospitais estão a tratar de 7.507 doentes com Covid, 876 dos quais nos cuidados intensivos.

Há 41.857 pessoas em quarentena oficial, enquanto que 5.205.923 testes foram oficialmente realizados.

Desde o primeiro surto, foram registadas 760.967 infecções, enquanto 469.592 pessoas estão recuperadas.

Ontem, o número de mortes aumentou para 26.001.

Fonte: koronavirus.gov.hu

Imagem: Unsplash

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade