HUNGARIKUM – As fascinantes colmeias de pedra de Bükkalja

por LMn

Segundo a vjm.hu, as regiões da Hungria abrigam maravilhas naturais e imateriais que têm sido listadas no relicário Hungarikum, como Património Imaterial da Hungria.

A região de Bükkalja é fascinante devido à sua evolução geográfica e estrutura geomorfológica. A cultura da pedra de Bükkalja desempenha um papel importante, como um dos ambientes naturais entre os Hungarikums.

No entanto, a cultura da pedra não inclui apenas a paisagem de Bükkalja, mas também a peculiar rede de relações dos habitantes locais, a importância da pedra como material de construção, a arte de trabalhar a pedra, as casas tradicionais e as caves de vinho.

Foto: www.facebook.com/Kaptárkő Természetvédelmi és Kulturális Egyesület

A cultura da pedra de Bükkalja – cuja camada mais arcaica é formada pelas colmeias de pedra – é um sistema cultural de gestão paisagística natural, complexo e bem definido, com raízes e tradições históricas.

Poderá encontrar mais detalhes sobre as pedras da colmeia e a sua evolução histórica, no website da Associação de Colmeias de Pedra. Graças ao trabalho incansável da associação, as colmeias de pedra foram pronunciadas como monumento natural protegido em 2014, e foram listadas como Hungarikum em 2016.

Foto: www.facebook.com/Kaptárkő Természetvédelmi és Kulturális Egyesület

Diz-se que as colmeias de pedra têm valores naturais e são, ao mesmo tempo, monumentos históricos culturais. A formação destes tufos rochosos deriva das intensas erupções na era Miocénica.  Erosão, fragmentação, vento e precipitação formaram e moldaram em cones as pedras da região.

Mas depois veio a humanidade, cuja ação transformou ligeiramente a superfície. 41 localidades são conhecidas em Bükkalja, com 82 colmeias de pedra e 479 câmaras nas formações rochosas. Ao todo, 564 câmaras foram contadas na Hungria até 2013.

O grupo mais espetacular e característico encontra-se perto de Szomolya e Cserépváralja, mas também se podem encontrar colmeias de pedra nas proximidades de Sirok, Egerbakta, Egerszalók, Noszvaj, Bogács, Cserépfalu, Tibolddaróc e Kács.

Foto: www.facebook.com/Kaptárkő Természetvédelmi és Kulturális Egyesület

É ainda um mistério a razão pela qual estas câmaras em forma de colmeia foram criadas e para que foram utilizadas.

De acordo com a teoria mais provável e que ainda prevalece, as câmaras das colmeias de pedra foram criadas na Idade Média, e são provavelmente a reminiscência do apiário das rochas da floresta.

A Associação de Cultura da Pedra organiza regularmente visitas culturais a esta região. Desta forma, poderá admirar as caves de vinho, celeiros de pedra, casas acolhedoras em cavernas, pontes de pedra arqueadas sobre riachos, cercas de pedra, bancos de pedra, lápides lindamente esculpidas, cruzeiros e estátuas ao longo das estradas e, claro, as misteriosas colmeias de pedra.

Foto: www.facebook.com/Kaptárkő Természetvédelmi és Kulturális Egyesület

Os passeios pedestres são organizados pela Associação, para dar a conhecer os valores culturais e naturais de Bükkalja, e cobrem uma distância de 15 quilómetros em 6-7 horas, enquanto se pode desfrutar das magníficas paisagens.

Fonte: http://vjm.hu/ e https://dailynewshungary.com

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade