Hotel Kosher abre em Budapeste

por LMn
image_pdfimage_print

por Fanni Kaszás

O único hotel kosher em Budapeste, o Silver Crown Hotel & Residence, abriu na rua Szentkirályi, no coração da cidade, nas imediações do bairro judeu. A casa é um híbrido de apartamentos e hotéis.

A abertura do Silver Crown Hotel & Residence significa que Budapeste pode de novo, após muitos anos, servir os turistas que querem ficar num hotel kosher onde o pequeno-almoço e o jantar são kosher. O último hotel deste tipo na capital foi no início dos anos 2000, mas todos já fecharam. O Silver Crown destina-se principalmente a israelitas, mas o seu plano de negócios baseia-se também no aumento do tráfego de turistas dos EUA, Inglaterra e outros países.

O hotel tem atualmente 150 apartamentos e um restaurante kosher, estando em construção uma sala de oração e um spa com piscina. No futuro, será também disponibilizado um mikvah (banho ritual) para os hóspedes.

Tamás Klauber, o diretor do hotel, disse que a casa é uma combinação de um hotel de apartamentos e de um hotel clássico. “O nosso conceito consiste em misturar as características positivas dos apartamentos e dos hotéis. Os hóspedes podem usufruir da total liberdade de um apartamento (mínimo de 40 metros quadrados, cozinha totalmente equipada, frigorífico grande, casa de banho e sanitários separados), mas também podem ter os serviços de um hotel (limpeza diária, concierge, receção 24 horas por dia, 7 dias por semana, restaurante, bar), se assim o desejarem”, explicou.

O restaurante do hotel, Anri Restaurant, é kosher desde 20 de Abril e é certificado e supervisionado pelo Rabinato Ortodoxo de Budapeste, dirigido por Baruch Oberlander. Atualmente, o restaurante funciona em regime de soft opening, apenas com pequeno-almoço e um menu de produtos lácteos. O diretor afirmou que o horário de funcionamento será alargado de forma contínua nos próximos tempos e que o restaurante kosher oferecerá também refeições à noite. Uma vez terminado o período de teste da “cozinha de lacticínios”, está previsto o desenvolvimento de uma “cozinha de carne” em estreita colaboração com o rabinato, uma vez que tal é necessário para poder oferecer um serviço de catering completo.

Para além disso, não só os hóspedes do hotel, mas também os hóspedes da rua que queiram desfrutar de uma experiência gastronómica kosher podem desfrutar do restaurante do hotel.

Além disso, espera-se que o primeiro bar de cocktails kosher da cidade abra no final de Maio, oferecendo uma oportunidade única para conversas ao fim da noite.

O edifício foi concebido para garantir que os hóspedes possam seguir todas as regras do Sabbath (não trabalhar no Sabbath – ed.). Como parte do elevado nível de serviços do Sabbath, por exemplo, há portas totalmente mecânicas acionadas por chave em vez de cartões-chave para abrir os quartos, as luzes nos corredores estão sempre acesas, há acesso por chave ao edifício e até o sistema de energia do edifício foi concebido para ser compatível com o Sabbath.

“Estamos atualmente a trabalhar intensamente com o Rabinato Ortodoxo de Budapeste para obter a certificação kosher para o hotel, de modo a podermos oferecer aos nossos hóspedes o melhor serviço possível”, disse o director ao Turizmus.com.

 

Fonte: turizmus.com

 

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade