Hortobágy está entre os 25 principais destinos do mundo de acordo com a National Geographic

por LMn

A National Geographic criou uma lista de 25 destinos que certamente inspirarão viagens futuras em 2021, mas o mais surpreendente sobre essa lista é que a região de Hortobágy na Hungria está entre os 25 belos destinos, juntamente com lugares como a Transilvânia, Alasca, Coreia e muitos mais.

No artigo, poderá navegar pela bela lista da National Geographic, mas antes disso faremos uma abordagem prévia sobre a região de Hortobágy. O guia foi escrito pelo húngaro Tamás Vitray, membro do Nat Geo Traveller Hungria.

O Parque Nacional de Hortobágy é um ótimo destino para visitar, quando as viagens estiverem novamente acessíveis. Está localizado na parte oriental da Hungria, perto do rio Tisza, e “a extensa área, classificada como Património Mundial, preserva a maior pastagem nativa remanescente na Europa”.

Não é apenas uma parte culturalmente importante da Hungria, pois ali poderá obter informações sobre o modo de vida e atividades tradicionais dos pastores húngaros da Grande Planície quase totalmente intocada por séculos, mas para aqueles que gostam da sensação e da atmosfera da natureza intocada, é um lugar imperdível.

Como Tamás Vitray explica no artigo original, o principal motivo de sua preservação é o alto teor alcalino que tornava o cultivo quase totalmente impossível. Graças ao seu “mecanismo de defesa” natural contra o desenvolvimento agrícola moderno, foi capaz de preservar a história, a tradição e, o mais importante, o seu “rico ecossistema de pastagens” que é totalmente único.

A área está protegida desde 1973 e, por isso, é um destino turístico muito apreciado pelos amantes da natureza. Além disso, como Tamás Vitray destaca, é um paraíso para os ornitólogos.

Hortobágy é o lar de “cerca de 340 espécies de aves, incluindo dezenas de milhares de aves migratórias no outono”. Não é apenas um dos melhores destinos para a observação de pássaros na Hungria, mas também um dos melhores da Europa Central.

Não se preocupe, mesmo que não seja fã da ornitologia. Uma das muitas coisas pelas quais Hortobágy é tmbém famosa, relaciona-se com os csikós, pastores de cavalos e mestres da equitação. No passado, eles ocuparam um lugar importante na sociedade húngara e as suas múltiplas habilidades são a prova disso.

Os Csikós são cavaleiros muito hábeis e têm uma ligação muito forte com os seus próprios cavalos. A revista Lovasok, relata a história de um alemão que dizia a um csikós que o seu cão é mais esperto que o cavalo dele. Isto porque o seu cão pode sentar-se e deitar-se quando mandado. Para surpresa do alemão, o cavalo dos csikós era capaz de fazer o mesmo. Desde então, faz parte das demonstrações dos csikós. Outra das suas habilidades é o manuseio do chicote. Eles próprios o fazem artesanalmente e podem usá-lo como arma ou para realizar truques de deixar qualquer pessoa boquiaberta.

Fonte: Dailynewshungary, Nationalgeographic.com, Lovasok.hu

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade