Guterres alerta para a crise do turismo: “120 milhões de pessoas podem perder seus empregos”

por LMn

Guterres disse que a pandemia do coronavírus desencadeou um choque colossal para as economias desenvolvidas no setor do turismo, causando situações de emergência para muitas ilhas e países em desenvolvimento africanos.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, divulgou seu relatório sobre os impactos do novo tipo de coronavírus (COVID-19) no turismo, um dos principais setores da economia mundial.

Guterres disse que o turismo cria empregos para uma em cada dez pessoas.

“A pandemia atingiu o setor de turismo ao mesmo tempo. Mais da metade do fluxo turístico internacional caiu nos primeiros cinco meses de 2020, e foi observada uma perda de 320 bilhões de dólares nas receitas das exportações obtidas com o turismo”, detalhou o secretário-geral que alertou sobre que a perda de receita no setor pode chegar a 1.200 bilhões de dólares.

“120 milhões de pessoas correm o risco de perder seus empregos”, disse ele.

Guterres disse que a pandemia do coronavírus desencadeou um choque colossal para as economias desenvolvidas no setor do turismo, causando situações de emergência para muitas ilhas e países em desenvolvimento africanos.

O Secretário-Geral destacou que a queda na receita turística aumenta a caça ilegal e a destruição em áreas protegidas.

“A reconstrução do setor de turismo deve ser segura e em harmonia com os objetivos climatológicos. O uso da tecnologia deve estar no nível máximo”, disse Guterres, que referiu a importância de promover a sustentabilidade e o crescimento verde.

Por TRT

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade