Governo Orbán: apoiamos Trump, enquanto Biden foi apoiado por George Soros

por LMn

Gergely Gulyás, o Ministro-chefe do Gabinete do Primeiro-Ministro criticou um recente decreto municipal que permite a distribuição pública gratuita de jornais com pelo menos 4 páginas com conteúdo preparado “pelos propagandistas do Presidente da CM de Budapeste G. Karácsony”, insistindo que até o regime de Kádár tinha sido “mais tímido quando se trata de limitar a liberdade de imprensa”. Sobre a situação do turismo em Budapeste, Gulyás disse que o setor precisa de novas  linhas de crédito esquemas que apoiem o turismo interno.

Respondendo a uma pergunta relacionada com a introdução pelo governo central do recolher obrigatório entre meia-noite e 5h, Gulyás disse que não havia obstáculos para operar a capacidade mínima de transporte público em Budapeste durante o período do recolher obrigatório. As outras medidas como por exemplo o estacionamento gratuito e serviços mais frequentes visam reduzir multidões nos transportes públicos, disse.

Comentando sobre a eleição presidencial dos EUA, Gulyás disse: “Apoiamos Donald Trump, enquanto Joe Biden foi apoiado por George Soros, o que não é um bom ponto de partida.”

Questionado sobre o ataque terrorista de segunda-feira em Viena, Gulyás disse que “tudo o que está acontecendo ressalta a correção da posição do Grupo Visegrad sobre a migração”. Ele acrescentou que os serviços de segurança nacional da Hungria estão totalmente preparados para tirar as conclusões necessárias do ataque e tomar todas as precauções necessárias para evitar tais incidentes.

A Hungria condena qualquer forma de violência, disse Gulyas, acrescentando que “é dever de cada organização, instituição e partido político da UE tomar uma posição clara sobre estas questões”.

“A violência não pode ser uma ferramenta de nenhuma forma”, disse o ministro húngaro.

Fonte: DailyNewshungary

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade