Governo húngaro autoriza a próxima fase da modernização do Hungaroring

por LMn | MTI
image_pdfimage_print

O governo tomou uma decisão que permite avançar com a segunda fase da modernização do autódromo Hungaroring, nos arredores da capital, disse na quarta-feira o seu diretor, de acordo com um relatório da agência noticiosa estatal MTI.

O presidente do Conselho de Administração do Hungaroring Sport, Zsolt Gyulay, disse que um consórcio formado pela Market Epito e pela Bayer Construct ganhou o concurso para a modernização do edifício principal, do paddock e da bancada de 10.000 lugares, com uma proposta de 79 mil milhões de HUF. A modernização estará concluída em 2026, no 40º aniversário do autódromo, acrescentou.

A primeira fase da modernização, que envolve a substituição de infraestruturas obsoletas, já está em curso. Será construída uma bancada temporária para o Grande Prémio da Hungria de Fórmula 1 do próximo ano, que terá lugar a 19 de julho.

O Ministro da Defesa, Kristóf Szalay-Bobrovniczky, referiu numa mensagem vídeo que a Hungria tinha assinado no verão um contrato para acolher corridas de Fórmula 1 até 2032. “Agora temos de fazer a nossa parte”, acrescentou.

Gyulay disse que o Hungaroring poderia receber corridas de Fórmula 1 até 2037 “se nos comportarmos bem”.

Apesar de as corridas de Fórmula 1 serem a “prioridade absoluta” para Hungaroring, a pista será considerada adequada para as corridas de MotoGP, acrescentou.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade